segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Neófilo

NEÓFILO


Sou um neófilo, agrada-me a novidade, a inovação, o progresso… Em simultâneo assombro-me com o passado!
Alternadamente, extasio-me com uma ruína, um texto da Antiguidade ou um potente mp4; com um “Mosteiro da Batalha” ou um moderno centro comercial; com um precioso pergaminho ou um artigo de uma qualquer “Visão”; com um concerto hip-hop ou uma abençoada Sinfonia. Igual contemplação me merecem uma pitoresca paisagem natural, um povoado rural ou uma avenida ornada de edifícios de moderna arquitectura. O silêncio e o bulício também encontram em mim um freguês indefectível.
Não vivo sem o Sul e o Norte; não dispenso nenhum dos quadrantes!




Carlos Jesus Gil

19 comentários:

SuNshyne disse...

adorei o concerto de hip e hop!

Carla P.S. disse...

Os dois lados da balança que fazem o seu equilíbrio, não é mesmo?!
Alegria, alegria!
E um café.
Beijos!

Daniel Savio disse...

Somos criaturas em sempre contradição, mas as vezes essas contradições são boa...

Fique com Deus, menino Carlos.
Um abraço.

dragao vila pouca disse...

Só não estou de acordo contigo numa coisa, mas não digo qual é.

Cumprimentos de um Dragão sem chama, mas isto passa rápido!

Udi disse...

Gostei muito!
:)

Régis Castro disse...

És muito bom...

A verdade é que todas estas dualidades que tens formam a essência completa de um ser humano...

Mas entre sinfonia e hip hop, prefiro sinfonia...


rsrsrs


Abraços!!!

Mas afinal o que estou eu aqui a fazer?... disse...

Gostei da escrita... Beijinhos

Darwin disse...

Também me agrada a novidade, a inovação e o progresso
Tenho consciência que tudo está sujeito a mudança, e, tal como as águas passam e não voltam, também a vida não tem retorno.
Tudo deverá ser equilibrado, com equidade e de forma sustentada.

loirinhaquenãoédeaveiro disse...

OLá. Também gostas tanto das loiras como das morenas? eheheh!

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Sarava!

Tens desafio no meu blog!

beijinhos mil

Mariazita disse...

Descreves lindamente uma pessoa comum, (não tão comum como isso…) um pouco instável, talvez, mas de qualquer modo “abrangente”.
Vais do branco ao preto sem esquecer o cinzento.
Gosto do retrato que fazes de ti, embora dispensasse perfeitamente, e de muito bom grado, esse tal de concerto hip-hop e o bulício. Não gosto de barulho, e ambos são significado de elevado número de decibéis…
Aparte estes (teus) dois pequeninos “defeitos”, parecemos almas gémeas (ah., ah., ah…), de tal modo os nossos gostos são coincidentes.

Fica bem, na paz do Senhor.

Aquele beijinho
Mariazita

batutaemeia disse...

Perfeito, á excepção do hip hop.

AZUL DRAGÃO disse...

Amigo Carlos :

Ora , aqui está a arte que nos faltou (a ti e a mim ) no outro lado da vida !


Um abraço

leitor disse...

Bom texto. Também gosto e hip hop

aa disse...

Olá Carlos, boa noite!

Adorei este texto!!! Revejo-me em grande parte nesta descrição... E uma coisa é certa, não vivo sem o mundo rural e sem ir de vez em quando para a "confusão" da cidade... pois esta também me faz falta...:) apenas não me considero neófila no sentido de por ex. raramente querer adquirir o mais recente modelo de alguma coisa... no entanto, de uma maneira em geral, também me agrada a inovação, a novidade, o progresso... sem nunca deixar de gostar do antigo...
Parabéns por este excelente texto!
Beijos,

AA

Laurindo disse...

Boa noite. Faço minhas as palavras da AA.

deh disse...

viva a neofilia!
qd tu vens ao brasil?

bju!

Inside Me disse...

nossa, vc anda uma coisa em posts e coments hein! hahaha gosto...
bjocas

GMV disse...

Eu sabia que, mais cedo ou mais tarde, descobriria porque gosto de vir aqui :))

[só discordo dos centros comerciais]

Beijos meus