sábado, 14 de fevereiro de 2009

Cantar meu Pai

Hoje é dia dos namorados, bem o sei... De há três anos a esta parte, porém, este não é senão o dia da morte de meu pai. Novo morreu meu pai... novo, mas com obra vetusta por legado.
Este é um dos raríssimos textos partilhados convosco, que saem totalmente das esferas da ficção e da análise.
A quem couber, faça-o também seu!




CANTAR MEU PAI


O meu Pai morreu!...
Não, não foi “apenas” mais um pai que morreu.
A coisa não funciona assim…,
Este era o meu!
Por isso é que para mim
são os dias breves
e as noites sem fim;
a alegria omissa
dá lugar à tristeza, que preguiça;
o canto mais belo já não é assim;
a tela que pinto só tem uma cor,
a da dor!


Não, não foi “apenas” mais um pai que morreu.
Este era o meu,
O do meu irmão e da minha irmã;
O Homem de minha mãe;
O avô dos meus sobrinhos!


Tento cantá-Lo…
Tão fácil fosse
como me é lembrá-Lo!...
Tudo o que me sai, porém,
soa pequeno, muito aquém
do Ser Enorme que foi,
do Poema que escreveu
com a vida que viveu…
E isso também me dói!




Carlos Jesus Gil

17 comentários:

Táxi Pluvioso disse...

.

Sem comentários nesta situação.

Mofina Mendes disse...

Um abraço...

Mofina Mendes disse...

Um abraço...

Daniel Savio disse...

Meus pêsames pelo seu pai, mas com certeza ele não gostaria de te ver triste...

Fique com Deus, menino CArlos.
Um abraço.

Nanda Assis disse...

tbm perdi meu pai a oito anos atraz e sofro muito ate hj.

bjosss...

J P G disse...

Velho "Maço",

Conhecendo como sabes a dor que sentes, não te dou os pêsames mas antes os parabéns!

Pelo teu pai (que não conheci), pois deixou obra feita.

E que obra... pelo menos um (não conheço os outros) descendente, capaz de aliar uma rara condição humana, à facilidade de exprimir os sentimentos da forma como o fizeste neste post.

A título de reconforto, por muito que custe, e nós sabemos como custa... A ordem natural da vida é um filho enterrar um pai, nunca ninguém deveria passar pela situação oposta.

Abraço!!!

Mariazita disse...

Querido Carlitos
Não sou de choros, mas tocaste num ponto muito sensível - a morte dum ente tão querido como é o Pai.
Emocionei-me, sim, não sinto vergonha de o confessar.
E como não sou de choros..
forma-se aquele nozinho na garganta, sabes?

A tua homenagem a esse Homem, em forma de poema, é, simplesmente, fabulosa.
Porque também perdi o meu Pai?
Não, é porque é mesmo MUITO bom!

Até logo

Aquele beijinho
Mariazita

dragao vila pouca disse...

Meu caro, o teu pai lá em cima, está orgulhoso de ti, do teu talento, da tua inteligência...

Um abraço

AZUL DRAGÃO disse...

Belo filho este que honra aquele Pai !


Um abraço

manzas disse...

O sol acende a tímida luz do dia
E embarco na viagem que nunca faço…
Abraço manhãs no ceio da chuva fria
Desbravo os ventos em trilhos do acaso

Um resto de um bom fim-de-semana
Com muita paz, saúde e muito amor…

O eterno abraço…

-MANZAS-

GMV disse...

Um beijo para quem "canta" assim o Pai.

Ana Maria disse...

Assim também junto a você canto a meu pai que já faleceu.
A saudade é demais.
Beijinhos de boa noite!

prima Mena disse...

Priminho...A minha maior dor de alma até hoje...!( e é mentira que o tempo apaga todas as feridas!!)Esta cresce com as saudades...Trago comigo aquele sorriso lindo que nunca foi so dele- pois com todos o soube partilhar sempre -...E não raramente no meio de uma ou outra lagrima de saudade, lhe retribuo um sorriso também...E é mesmo como tu dizes...O 14/Fevereiro nunca mais foi senão o dia da morte do meu Querido Tio :((
Bela Homenagem, primo....Abraço sentido
M.Gil

aa disse...

Olá, boa noite!
Bonita Homenagem que o Carlos faz aqui a seu Pai...

Apesar de sabermos que a vida é efémera... nunca estamos preparados para a perda daqueles que mais amamos...
Beijo,

AA

susana disse...

um abraço forte. trouxeste-nos um pedaço mais fundo de ti.
su

Sandra disse...

Nunca a tristeza te oculte o brilho da estrela mais brilhante do firmamento, e de acreditar que é teu pai que algures te sorri, contente da semente que plantou nesta Terra.

Beijinho amigo

Flor disse...

.........não encontro palavras!!!...UM PAI que tem um filho com quem tanto aprendi!!!Cresci tanto contigo...
Esse Pai continua a ser essa Pessoa Maravilhosa pq continua presente num gesto...numa lembrança...num sorriso...Nunca te canses de o "Cantar"!!!...Esse Ser Maravilhoso sem o qual tu não existias...tu que sempre foste importante para mim...Canta Amigo!!!