sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Título?!... Para quê?!

TÍTULO?!... PARA QUÊ?!

Fazem-se ouvir os balidos das ovelhas… Não é só um, são muitos. São muitos, os lobos... Na aldeia as pessoas tremem de frio… Parece que ninguém os ouve!




Carlos Jesus Gil

31 comentários:

Daniel Savio disse...

Serai um texto que no incita a enfrentar os nossos medos?

Fique com Deus, menino.
Um abraço.

sonhos/pesadelos disse...

elá, a 1º vez que venho ao tu blog e deparo-me logo com algo que me deixa a pensar?sim sr. muito bom...
bjs endiabrados

korrosiva disse...

Alguém os quererá ouvir?

Bom fim de semana :)

D. Quixote disse...

Curto mas cheio de contéudo e contudente Q.B.
Gostei
Jitos

Sam disse...

viados com fome? foda-se foge meu!

bom fim de coiso mano...e já sabes, em caso de dúvida: fornica!

Darwin disse...

Como sempre a tua sensibilidade humana trouxe-nos mais uma imagem da nossa realidade.
Cada vez mais existem pessoas nas Aldeias, que vão para a cama com fome, tremem de frio, sentem o desespero da necessidade, pedindo protecção e ninguém quer saber disso.
Os cidadãos deste país já não tremem só de frio. Tremem de cada vez que pensam na sua segurança.

I.D.Pena disse...

Olha eu nunca sei o que comentar, mas como sou tua leitora "linko-te" ok ?

Espero que não te importes :)

Beijos

jose terra disse...

"ovelhas" são as ondas do nosso mar nestes dias de vento...são aos montões pois ele teima em ficar..
"lobos" são os homens da nossa terra que embora não sejam poucos tambem não são demasiados com tu referes,mas dentro do palheiro ao borralho parecem muitos...enfim "PARECE QUE NINGUEM OS OUVE" são dias dificies e aos ricos começa a faltar audição espero que fique estiado pois alguna coisa pode mudar...

CãoSarnento disse...

Pois... esta "aldeia global" sofre ataques de todos os lados.
Há que montar armadilhas para lobos.
Abraço.

Maria Zua disse...

quantos lobos não há com pele de cordeiro? já ninguém consegue diálogo com a almofada, apenas lágrimas que se derramam silenciosas, os pensamentos num turbilhão, que tornam as noites longas...

fj disse...

Ah pois sim! 100qq tipo de admiração, estamos em/na época dos lobos maus.
Ovelhas à parte... que os chocalhos continuem a "telintar"
Um Abraço

Maria Zua disse...

Ocorreu-me uma humilde pergunta, onde estão os cães para guardar o rebanho dos lobos? Será que foram fazer castings para a América??? Isto já não é como antigamente...

jose terra disse...

quero simplesmente mandar um grande abraço P´RÁ MARIA ZUA pois já ha muito que não tinha o prazer de ler os seus comentarios.
onde para o pescador do alto?
...tambem deve estar ao lume ...

Maria Zua disse...

obrigada José Terra, sentimento recíproco, eu ando por aqui todos os dias, mas por vezes falta a vontade de comentar, apenas me contento lendo todos os comentários que mereçem a minha melhor atenção assim como o autor. Bj.

stériuéré disse...

O problema não é o não ouvirem mas sim, fazerem-se de surdos!!!!!! Olá Gana!!! Tás xateadito é?
BEbe um copito de tinto que isso passa!
LOL

o que me vier à real gana disse...

Excelente questão, Maria Zua, mas é que "... são muitos. São muitos, os lobos...". Os cães estão lá, mas não chegam.
Mais uma vez: excelente!
José terra, muito gosto com as tuas reaparições!

dragao vila pouca disse...

Eles, os lobos, andam por aí, comem tudo e não deixam nada.

Um abraço e bom fim-de-semana

o político disse...

António Borges, vice-presidente do PSD, mostra em entrevista à Renascença, ao jornal Público e à RTP2, aquilo que o seu Partido é: neo-liberal em grande intensidade. Quer nenhum ou quase nenhum Estado; quer tudo privatizado, até a Segurança Social. Estávamos bem arranjados se não tivessemos uma Segurança Social estatal! Quem é que meteu as finanças e a economia mundial na ruína a que assistimos? Não foi a iniciativa privada (que, lógico, tb é bem necessária) selvagem, tão defendida pelo neo-liberalismo?Não foram, em análise política, as políticas defendidas pelo PSD? Mais políticas sociais, isso só com mais esquerda. O PSD nem sequer consciência tem, se a tivesse não criticava o PS (que teve coragem como eles nunca tiveram, e já fez, coisas boas, muitas) como tem criticado, com o bota-abaixo. Sabemos que tem errado, como todos erram, o PSD, contudo, nunca foi oposição credível, pelo seu passado, pelo que almeja no futuro:o poder.
Demagogia pura; longe do povo. Aqui está o PSD.

J P G disse...

Eles comem tudo, eles comem tudo...

Eles comem tudo e não deixam nada!!!

stériuéré disse...

A melhor da semana foi a entrevista feita ao tio do Sócrates..... heheheheh agora não é Sócrates heheheheheheheh mas sim Zézito..... hahahhahahahahahha

Anónimo disse...

qual será o prazer de criticar o zézito se ele não faz nada.
o pobre do rapaz já não pode com uma gata pelo rabo e tu sempre a dar pra tras.isto é mesmo tipico da nossa malta quando chega a hora da verdade RABO DE FORA .

susana disse...

tremem de frio, secalhar de medo... e ficam assim... abraçadas a elas mesmas, imóveis, estáticas na sua vida ego centrada.
su:)

Sun Iou Miou disse...

Que se lixem as ovelhas, eu queria ser lobo, melhor dito, loba. Um lobo trabalha em equipa e mata para comer. Quando têm frio, achegam-se uns aos outros, dão se calor. E tem o orgulho nos olhos que desafiam o caçador. Uiva na noite para fazer ouvir a sua voz. Não se deixa matar em silêncio.

▀█ Camila Siqueira ♣ disse...

Talvez se ouça eles,mas ao mesmo tempo finjão que não!
lindissimoo!

PreDatado disse...

E os lobos que estão vestidos com pele de ovelha?

Inside Me disse...

ah que maldade com com os bichinhos... bjocas

GMV disse...

Parece que ninguém os ouve... será???

[sim, o título era desnecessário]

Vim deixar-te um beijo de boa semana.

Táxi Pluvioso disse...

Para se fazerem ouvir há os chocalhos.

Sonia Schmorantz disse...

Flores para você

Para você enfeitar o seu dia,

lhe trazer mais alegria

mais paz a cada minuto.

Flores

Para você pensar na vida com mais carinho,

e não se esquecer que por você

carrego o sentimento mais sublime:

A amizade!

o que me vier à real gana disse...

E onde é k existem os chocalheiros hoje em dia, táxi?

o que me vier à real gana disse...

Sonia Shmorantz, obrigado!