sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Assim também não!

ASSIM TAMBÉM NÃO!


… - Achas que estou bem assim? Alguém irá reconhecer-me? – eu, depois de cuidada operação de disfarce, pr’á beldade do momento.
- Claro que sim? – ela, a … não há palavras!...
- O quê!? Tanto trabalho pr’a nada!
- Não, fofo, não quis dizer isso. Tu estás bem. Quem é que vai poder reconhecer-te!? Está aí um trabalho bem feito. Também passaste a tarde inteira nisso, diga-se de passagem!...
- Pronto, mas se valer a pena…
- Vai valer, vais ver!
- Só quero é ir jantar descansadinho, contigo; depois malhar uns copitos num bar in, ver assim umas coisinhas como tu e, lá mais para a madrugada, ir à disco do momento. Quero olhar sem ser olhado; lavar os olhos; distância de canetas. No fim da noite, voltar aqui pr’á modestíssima suite, do modestíssimo hotel e, se houver ainda umas forças, pimbar até…
- Também podias ser um bocadito menos brutinho! E depois com aquilo das coisinhas como eu, é pr’a me fazer ciúmes, é?
- Não, sabes que, de momento, só tu. Bem-dita tu; bem-feita tu; tu só tu, Ana Maria!
- Agora deu-te para cantar Marco Paulo, é?
- Como assim!? Apenas coincidência. Eu só canto no duche, e só canções daquela de quem tu sabes.
- Então passaste uma carrada de anos caladinho. Resguardaste a gargantinha, e agora, a interpretares essas obras-primas, também podes ficar descansado, vai continuar um mimo, a tua garganta.
- Vê lá como é que falas. Tem mais respeitinho pelo trabalho dos outros!
- Ok, ok, já cá não está quem falou.
- Isto o melhor é pormo-nos na alheta, não achas? Senão, daqui a nada estou a dar-te um pontapé no rabo e a telefonar a outra que se ajeite ali no travesseiro.
- Eh pá, também tens cá um feitio!
- Não é feitio, é farturinha. Ás vezes até digo para mim: “assim também não!”, eh eh eh!
- Vá, pega mas é lá nas chaves do 127 e vamos embora. Estou a ficar cheia de fominha.
… Já é a terceira vez esta semana que sonho ser o Cristiano…, e a minha acção nunca se passa no relvado. Será que isto quer dizer alguma coisa?




Carlos Jesus Gil

12 comentários:

Zíngaro disse...

Se esta não for uma repostagem, vou ser o primeiríssimo a comentar. O tema é interessante - pelo menos no que respeita à parte do 127. Foi num desses que eu (quase) fiz a minha estreia (na condução, entenda-se). A sua maneira de se "agarrar" excitava-me. Lembro-me ainda da primeira vez que lhe toquei. As minhas mãos, trémulas de inexperiência, percorreram hesitantes as suas partes cruciais. firmando as pontas dos meus pés, lá fui carregando cuidadosamente até meter a primeira. Fui andando docemente e, depois de ter deslizado um pouco, lá me decidi a meter a segunda, depois a terceira e a quarta. Era o êxtase absoluto. Por fim, lá para os lados do Canto dos Coelhos, desfiz tudo o que tinha feito anteriormente, saímos do carro e, enfim,... fizemos amor.

stériuéré disse...

Bem meus caros , assim não dá não .....
Mas vale sempre a pena desde que nos esmeremos pa nós próprios. Deixar de ligar ás bocas do lobo é essencial , devemos agir como queremos e não como os outros querem. Se não nos damos valor a nós próprios quem o fará?.
Força no malhar nuns ginger ale´s, nuns finitos , e tal. Cantem e encantem, nem que seja apenas para o nosso espelho da casa de banho.
Estou espantada Gana, pela tua diversidade de escrita, os meus parabéns e continua , dás vida netópática á malta ! heheheeh
( já agora se quiseres visitar o meu blog , desculpa pelo meu atrevimento, é o seguinte : http.//steriuere.blogspot.com , serás sempre bem vindo .)

stériuéré disse...

Bem meus caros , assim não dá não .....
Mas vale sempre a pena desde que nos esmeremos pa nós próprios. Deixar de ligar ás bocas do lobo é essencial , devemos agir como queremos e não como os outros querem. Se não nos damos valor a nós próprios quem o fará?.
Força no malhar nuns ginger ale´s, nuns finitos , e tal. Cantem e encantem, nem que seja apenas para o nosso espelho da casa de banho.
Estou espantada Gana, pela tua diversidade de escrita, os meus parabéns e continua , dás vida netópática á malta ! heheheeh
( já agora se quiseres visitar o meu blog , desculpa pelo meu atrevimento, é o seguinte : http.//steriuere.blogspot.com , serás sempre bem vindo .)

Táxi Pluvioso disse...

Eu defendo que se deve mudar a bandeira nacional pelos calções do Cristiano Ronaldo para realizar melhor as aspirações dos lusitanos.

Já pensei mandar um mail ao Cavaco com a ideia, mas o gajo tem a mania dos inquéritos. Estou farto de lhe dizer para não fazer isso, serve apenas para gastar massa, pois em Portugal, os inquéritos têm um só destino: o arquivamento.

Pode ser que, com o Magalhães, o povo fique mais esperto e produza dirigentes mais adequados. Só não percebo porque usaram uma palavra com um til. Não viram o que se passou com o Durão, que agora é o Durao? Tinhamos nomes tão bons para o computador: Costa, Silva, Lopes, Meireles, Teixeira da Cruz... mesmo Cristiano Ronaldo ou Cavaco Silva.

O Diabo Veste Prada disse...

Eu n sou de criticar mas...porquê sempre o Cristiano? Agora, que tamos em plena febre dos Jogos Olímpicos, pk n fazer umas alusõezinhas à nossa comitiva olímpica, digo eu...com os nervos.
Pois, esses n tem dinheiro, né? E como n têm dinheiro também n têm gajas a montes, e por isso n servem de inspiração aos sonhos de ninguém!!!
Quanto a ti, amigo, sonha...mas entretanto corre, porque a vida vai passando, sabias?

o que me vier à real gana disse...

zíngaro, as repostagens estão devidamente assinaladas. Como vai esse verão, caro amigo?
stériuéré, claro k visitarei com prazer o teu blog. A diversidade de escrita faz js à designação do blog. É generalista. Quando escrever ensaios ou tratados, aí serei específico eh eh eh. Obrigado!
táxi pluvioso, sinceramente gostei!
Prada, lindinha, é tudo fixão! Não esqueças, este é um espaço absolutamente ficcional. Já quando alegremente falo contigo, se não estiver a mentir (brinco, a ti nunca minto), os teus conselhos adequam-se. Obrigado por teres voltado ao fórum!

Maria Zua disse...

Olá, eu sou a favor do prada devemos neste momento falar dos jogos olímpicos, gosto do Obikwelo, Naide Gomes, Vanessa Fernandes.... Força Portugal... chega de Cristiano (já ganha bem). Agora amigo gana, cuidado, a idade avança as forças faltam, mas a ideia fica. Eh eh eh...

mélita disse...

Mas quem é que aquiestá a defender o Cristiano em relação aos Olímpicos. Vocês não entenderam o post!

o que me vier à real gana disse...

Olá pessoal!
Pis, isto não é um diário. em vocês cá vêm todos os dias, o k é uma pena!
Aqui, escevo ficção...
às vezes não,
porém, raro sobre mim,
sempre sobe o mundo!

bairradino disse...

O Ronaldo é um sortudo? É sim, mas também terá as suas dificuldades. Já agora, os Olímpicos não são só para amadores. Deveriam ser mas não sã. Ficaríamos srpreenddos com os ordenados de alguns atletas.

Darwin disse...

O tempo tudo muda! Precisamente à 25 anos atrás, por volta das 12 horas, teve lugar um dos acontecimentos mais marcantes na minha vida e da minha mulher! É verdade, hoje completo 25 anos de casado com a mesma mulher. Ocorreu por obra do destino diria alguém que nisso acreditasse, ou que foi obra de Deus, embora eu prefira dizer que foi uma sorte do caraças, 25 anos se passaram após tal ritual de conquista, de altos e baixos é certo e onde muita coisa mudou (esperemos que para melhor)... Aqui ficam algumas diferenças:

25 semanas : Amo-te!
25 meses : Sim, eu amo-te.
25 anos : Se eu não te amasse, há muito tempo que me tinha pirado!

25 semanas : Boa noite, meu amor.
25 meses : Olá, tiveste um bom dia?
25 anos : Olá, há correio?

25 semanas : Não te incomodes, eu vou lá buscar.
25 meses : Queres que vá lá?
25 anos : E então, isso vem ou não?

25 semanas : Querida, é a tua mãe ao telefone.
25 meses : É para ti!
25 anos : Telefooooone !

25 semanas : Tu não tiveste uma infância muito feliz.
25 meses : É verdade que os teus pais são um pouco desagradáveis.
25 anos : Chiça, tens mesmo a quem sair!

25 semanas : Vou-te levar às Caraíbas!
25 meses : Tu queres mesmo ir às Caraíbas?
25 anos : Não estamos bem aqui?

25 semanas : Não faz mal, acontece!
25 meses : Toma atenção!
25 anos : Merda, és mesmo deficiente!

25 semanas : Desculpa, mas não estou de acordo.
25 meses : Estás completamente errada.
25 anos : Mas tu és burra, ou fazes-te?

25 semanas : Ops! Tu bloqueaste o disco do meu computador!!
25 meses : Merda, podias ter mais atenção!
25 anos : Tu não mexes mais no meu computador!

25 semanas : Tens razão, é preciso por um pouco de sal!
25 meses : Está insosso, não?
25 anos : És igualzinha à tua mãe, um desastre na cozinha!

25 semanas : Mmmm! Esse perfume deixa-me doido!
25 meses : Não achas um pouco forte esse cheiro?
25 anos : Como tresanda essa coisa!


PARABÉNS A MIM E A ELA...MAS MAIS A ELA, NÃO É FÁCIL HÃ!!!

Anónimo disse...

Gil, gostei da abordagem e do conteúdo. Tens aqui leitores novos.