quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Haiti

Vamos dispender o nosso tempo cibernético d'hoje numa homenagem ao povo haitiano e ao Haiti... a toda a ilha hispaniola... a todos os pobres e flagelados do mundo, tá?




Carlos Jesus Gil

49 comentários:

Tomas de alencar disse...

Parabens ,carlitos, eles merecem a nossa reflexão...

Anónimo disse...

Tá Carlitos, se está.
Por momentos pensei que ninguém aqui no blog fizesse referência ao caso, teve que ser o Carlitos Gil em post.
Como é cruel a Vida às vezes... logo num país com tantas dificuldades... pobre gente...

Anónimo disse...

o parvo do anónimo de cima... sou eu.

Tomas de alencar disse...

O amigo anónimo , vai-me desculpar ...
mas anda dristraido!!

Sousa Machado disse...

Li um título que me deixou a pensar: "A miséria atrai a tragédia".
É bem verdade!

Anónimo Zé disse...

Com isto não podemos brincar.
Não posso sequer imaginar o sofrimento daquela gente. Quando uma catástrofe destas acontece em países com recursos é dramático, quanto mais num país sem recursos, como o Haiti. Espero que os governos mundiais, os ricos, não abandonem aquela pobre gente.

Anónimo Zé disse...

Já agora, porque é que as grandes farmacêuticas não se juntam e canalizam os 5,5 mil milhões de euros que obtiveram de lucros, com o embuste da gripe A, para o Haiti?

Anónimo disse...

Porque, Anónimo Zé, se o fizessem estariam a ir contra os princípios hipócritas e desumanos que as caracterizam, no que diz respeito à experimentação de fármacos. Veja-se o caso de África.Sugiro um filme, o «Fiel Jardineiro».

Tem razão, Tomás, confundi-me. Obrigado pelo reparo.

Tomas de alencar disse...

De nada " companheiro"...

batutaemeia disse...

Desejo a melhor ajuda possível àquele povo. Quem pode audar que não se isente, que ajude mesmo. Os países mais ricos, os remediados, as farmacêuticas, a banca, as granes multinacionais independentemente do ramo.
que tudo corra bem a patir de agora, e que a tectónica de placas dê tréguas.

Flor disse...

Claro q "palavras leva-as o vento"...Desculpem, mas além de lembrar todas as vitimas,tenho q deixar aqui 1 palavra de homenagem a alguns colegas/amigos(as), tds q se dedicam ajuda humanitária por esse mundo fora,deixam casa familia num segundo sem saber o q vão viver ou encontrar!!!Submetem-se a condições de trabalho nunca imaginadas, a luta de saber e ñ puder fazer por falta de equipamento,material...a um desgaste Emocional e Psicológico...A Loucura de se perder a vida a salvar outra vida!!!Contradição das contradições!!!...

"'Cego' é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria, e só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores."
Mário Quintana..."Deficiências"

Flor disse...

Anonimo Zé...por mais imagens...fotos...filmes q se vejam...ñ há mmo imaginação possivel!!!

Ainda há pouco tempo andavamos aqui à volta com "Copenhaga"...os Sinais continuam...

Dexter disse...

Que Deus e o esforço humano ajudem aquela pobre gente.
De facto, é mesmo como diz a frase: "a miséria atrai a tragédia". Nada mais a comentar, pois n há comentário possível. Temos apenas que nos render perante tamanha tragédia e rezar para que tudo se componha rapidamente.

Talvez Você Tropece nisso.... disse...

Impossivel saber e sentir oque aquele povo esta sentindo e vivendo agora....mas nosso apaoio e nossa ajuda podemos oferecer como forma de empatia....bjos

José Santos disse...

O nosso pensamento e solidariedade é para eles neste momento. Acho que o C130 de Portugal está a demorar em excesso de tempo a mais para levantar voo e ao mesmo tempo acho que vão levar um número reduzido de poucos recursos. Toda a ajuda é fundamental nesta altura.

Anónimo disse...

o anónimo das 20:28 sou eu,... atrasei-me.

Anónimo Zé disse...

Agora começaram as pilhagens. No meio de gente que realmente precisa e tem fome, aparece a bandidagem a aproveitar-se da desgraça. Temo que bandidagem de mais alta estirpe se vá aproveitar dos milhões que vão seguramente chegar ao Haiti ( louve-se a atitude de Obama e dos EEUU, que, rapidamente desbloquearam 100 milhões de USD e já garantiram que vão continuar a ajudar nos próximos anos...). Mas, normalmente, nestas situações, há sempre gente que procura lucrar com as negociatas feitas com o resultado da caridade exterior.

Dexter disse...

Anónimo Zé.
No seu 1º parágrafo refere-se à bandidagem do povo ou já faz alusão à bandidagem do parágrafo seguinte?

aa disse...

Mais uma vez a natureza mostra a total impotência humana face a catástrofes como esta...
Agora só resta mesmo a ajuda humanitária dos outros países para com o povo haitiano...
Também deixo assim a minha pequena homenagem, apenas em palavras, para com aquele povo... e para todos os pobres do mundo...

Bjs,
AA

Anónimo Zé disse...

Dexter, por agora são só aqueles ladrões de mãos sujas que se vão aproveitando da confusão para pilharem o que puderem. Depois, actuarão aqueles, de mãos limpas, abrigados por organizações, ministérios, que farão as negociatas com o produto da caridade e solidariedade internacionais. Infelizmente, tem sido muitas vezes assim. Lembre-se como se criaram enormes fortunas em certos países, um dos quais Angola.

Flor disse...

Anonimo Zé e Dexter essa é a mais triste realidade!!!Digo-vos c/ conhecimento d causa,noutras situações similares,onde nós fomos tds solidários, p´as altas "patentes" desses paises fazerem "mercado negro",sim "MERCADO NEGRO" c/ os bens essenciais q nunca chegaram ao devido destino,nem aos mais pobres nem a quem mais deles necessitava...
Pena q a o meu dever Ético Profissional ñ me deixe falar...
Posso dizer o seguinte:dou 1 sopa,1 cobertor,o meu tempo,a minha sabedoria em "tempo real" ao "Pobre" directamente ou a quem dela precisa,mas c/ certezas dessa necessidade...dinheiro nunca!!!
Campanhas de livros e outras coisas p´Angola,África,etc...NUNCA...JAMAIS...Podem ficar certos d q ng tem apartamentos d luxo noutros paises à custa das minhas dádivas e da minha solidariedade...Para Bom Entendedor...

Aliás,qdo vou às aulas ao Porto,lá tenho sp o meu "amigo" arrumador d carros à minha espera...ele já sabe...pago-lhe 1 café comida,até lhe dou 1 cigarro;dinheiro NÃO!!!Claro q dp dum questionário exaustivo,saber q é toxicodependente(fazer tratamento metadona),tem 1 menina linda pequenina q já conheci e por norma até é o que lhe ofereço em troca do lugar a q tenho direito por natureza,coisas p´a miuda...Pasmo-me c/ a educação do mesmo!!!Há excepções à regra...

Aproveito este assunto p´alertar tds;qdo vos abordam em peditórios p´instituições,sejam solidários,mas informem-se 1º;posso falar da ajuda q foi dada p´a "casa do Gil"(aproveitando o nome do Autor),dos peditórios q são feitos para o Instituto Português de oncologia na luta contra o cancro da MaMa que são d Louvar e vale a Pena contribuir,cm ttos outros q agora ñ m lembro.Atenção às ajudas às Instituições d Toxicodependentes,desintoxicação dos mmos e reinserção social...Por experiência Profissional qdo são precisas só se pagarem à volta d 1500Euros mês p´usufruir das mesmas...pois...

Vou-me alongar mmo neste coment,pq temos q denunciar certas situações...Estive ligada a 1 projecto da "Cruz "Vermelha",ao ler várias semanas no jornal local o pedido de ajuda de dinheiro numa conta bancária p´compra duma cadeira de banho p´uma criança deficiente;claro q decidimos contribuir oferecendo a mesma.Contactados os Pais na tentativa de fazer o levantamento das necessidades reais,sentimos do outro lado 1 certa renitência dos mmos a isso...então fomos através d vizinhos,Junta d Freguesia,Camara saber do q s passava...Conclusão q ainda hoje ñ percebi,havia 1 dita empresa do Norte(ñ conhecemos)q oferecia a cadeira mas tinham q depositar dinheiro na dita conta...CONTA DO VIGÁRIO!!!Certo é q o anúncio desapareceu do jornal...
Tds os dias ouvia reclamações das pessoas q a Cruz Vermelha só ajudava quem ñ devia...é verdade,acontece mtas vezes pq nem sp as situações são avaliadas devidamente...DENUNCIEM qdo assim for e souberem...DENUNCIEM!!!

Solidariedade sim,sempre...mas tenham Atenção!!!...Desculpem este TGV...talvez seja fruto dum cansaço d´inúmeras situações q nos tiram a vontade de toda e qqer solidariedade!!!...

Deixo aqui este coment,como ponto de reflexão p´todos!!!

Abraço

Dexter disse...

Anónimo Zé...
Vai-me desculpar...e é livre de colocar a sua opinião mas eu tb sou livre de me expressar sobre a sua. Ainda pus em dúvida o seu comentário e daí ter feito a questão, mas parece que agora fiquei esclarecido.
Perante o caos instalado, a destruição massiva e a LUTA PELA SOBREVIVÊNCIA, não sei como tem coragem de se referir àquela gente como os "ladrões de mãos sujas". Não nos cabe avaliar nem fazermos juízos de valores e muito menos referirmo-nos às pessoas como sendo ladrões, perante um cenário daqueles. É o desespero total que vc não conhece e eu também não (Graças a Deus) que os levam a tomarem tais atitudes. Apelidá-los de ladrões de mãos sujas...acho extremamente forte, incoerente e de muito baixo nível. A luta pela sobrevivência é mesmo isso, aquilo não é roubar por roubar, até pq alí...poucou ou nada deve haver para roubar. Quanto aos ladrões da 2ª parte, aí estou inteiramente de acordo consigo. Reflicta e tente colocar-se no lugar daquela gente, daquele povo em que se estima que pelo menos 2 milhões de crianças e adolescentes fiquem afectados. Ladrões de mãos sujas são aqueles que em manifestações e cenários de desordem de carácter de protesto, partem montras e pilham. Aí sim, agora neste caso, tenha lá a Santa paciência, mas acho que está totalmente errado, ou então (e deixo o benefício da dúvida) não foi bem isso que quis dizer.

Dexter disse...

Flor.
Concordo em parte com o que diz, mas não pode generalizar.
Eu contribuo com dinheiro (sim, dinheiro) para as necessidades escolares e alimentares de uma menina de 3 anos em Moçambique, órfã de mãe e que vive com a avó numa palhota sabe Deus em que condições.
Trimestralmente recebo uma carta (não escrita pela criança devido à tenra idade) escrita pelo seu educador relatando os desenvolvimentos que a minha "afilhada" vai tendo. Trimestralmente e junto com essa carta recebo uma fotografia da "minha menina" envolta das pequenas lembranças que lhe vou enviando (bonecas de trapos, livros de pintar, lápis de cor etc). Dos 21 euros com que contribuo mensalmente, 15% ficam para os serviços administrativos (sede em Cascais) e os restantes 85% são aplicados nas suas necessidades e se houver valor remanescente, fica para a ajuda da construção de uma escola que n tenha somente 4 paredes.
Sabe Flor, falarmos sem termos conhecimento de causas é muito fácil, mas dou-lhe o devido desconto pois infelizmente estamos mais que escaldados com situações de Caridade fraudolentas. Neste caso e apesar de ser uma ONG sem fins lucrativos, dou-lhe 100% de garantias de que realmente funciona. E para provar isso, temos a liberdade de irmos visitar a criança no terreno quando quisermos. Toda a parte logística em Moçambique é tratada pela instituição.
Eu antes pensava como a Flor e só ajudava pessoas que via com os meus próprios olhos passarem dificuldades. Não sei se a Flor é da Praia, mas lá em cima, por trás da capela vivia uma srª de cor (Ester) com 3 filhos sendo que 2 eram menores. Infelizmente eu da minha janela podia ver a dificuldade de sobrevivência de uma mãe e dos filhos, numa casa de madeira sem luz e sem água e quase em cima do mar. Imagine aquilo no Inverno. Não...nem eu nem vc conseguimos imaginar. Muitas vezes fui lhes dar comida e cobertores.
Isto apenas para dizer que por detrás dos nossos olhos também existe muita coisa boa e séria e que merece o nosso esforço para podermos ajudar alguém.
Já agora, a Instituição a que me refiro neste comentário é www.helpo.pt
Vale a pena. É menos um jantar fora para mim, se calhar é uma refeição diária para a "minha menina" durante uma semana. Pensem nisto.

Anónimo Zé disse...

Dexter, meu caro, lamento não ter analisado bem o meu pensamento. Os ladrões de mãos sujas a que me referia eram mesmo os ladrões diários, com catástrofes ou sem catástrofes, aqueles que se aproveitam destas confusões para exponenciar as suas virtudes de larápios. Acabei de ver o noticiário e as pilhagens aumentam. Logicamente há gente boa que "rouba" para sobreviver. Esses não são ladrões. O termo bandidagem do povo é seu!

Anónimo disse...

Quer queiramos quer não, quer façamos ou não os possíveis por evitar, houve, há e haverá sempre alguém, nestas causas humanitárias, a agir com um único propósito, o de extorquir. Querem outro exemplo? A missão sorriso, 2/3 daquilo é puro marketing psicológico.

Anónimo disse...

O anónimo de cima sou eu.

Dexter disse...

Ok então Anonimo Zé.
Aceito, mas ainda assim com bastantes dúvidas.

Tomas de alencar disse...

Dexter:
não para comentar, mas para realçar os teus dois ultimos coments: plenamente de acordo na primeira parte ,no meio do caos, nao há ladroes, há gente a tentar sobreviver,são situações extremas , e nessas, a nossa capacidade e instinto de sobrevivência vêm ao de cima, é aí que vêm aquilo que desconhecemos de nós próprios...
Já na tua segunda parte: simplesmente,parabens pela tua grandeza, amigo...

Dexter disse...

Tomas de Alencar...você sim, conseguiu interpretar as minhas palavras...e para a explicação que me deu, penso que também tirou as suas conclusões acerca do comentário do anonimo Zé.
Parabéns digo-lhe eu, pois soube explicar melhor que eu...aquilo que eu realmente queria dizer.

Laurindo disse...

Cuba abriu o seu espaço aéreo à aviação dos E.U.A. Isto permite uma redução na distância/tempo de cerca de uma hora e meia. Pode fazer toda a diferença, no que respeita a salvamentos e demais ajuda.
Vimos surgirem de todo o lado contribuições para a mitigação dos efeitos da grande calamidade. A Humanidade encerra em si muito de mau, de ruim, porém, quando é veradeiramente imposta uma união global, vêmos irromperem genuínas formas de bondade, bonomia, indulgência; vêmos chegar e vencer o grande espírito fraterno... É como se, juntos, lutássemos pela salvação do Planeta ameaçado por um hipotético maldoso invasor alienígena.

Tomas de alencar disse...

...Como alguem me disse ums posts atrás... Você é um tipo ás direitas...

Tomas de alencar disse...

... Dexter...

Anónimo disse...

Isso mesmo Laurindo

Darwin disse...

Infelizmente precisamos de mais uma calamidade para notarmos a existência do Haiti.
Esse povo, que para além de sofrer às mãos dos homens, durante três décadas de ditadura, também a natureza não lhe deu tréguas. Esta é a realidade que vive aquele martirizado povo, onde a miséria e a violência são uma constante...O Haiti tem um sistema de saúde praticamente inexistente para a sua população. Não consigo imaginar como vão ser as próximas semanas e meses.
Hoje, o resultado é este. Porque é que as grandes catástrofes escolhem quase sempre os países pobres? É que uns estão preparados e outros não. Porquê? É a face visível do poder do dinheiro.

Dexter disse...

DARWIN!!!!!!
Bem re-vindo meu grande amigo!
Isto começa a ganhar forma!

Anónimo disse...

Por onde anda o batuta??

Anónimo disse...

Porra, outra vez! O anonimo de cima sou eu.

Anónimo Zé disse...

Dexter

Lamento as suas dúvidas. Depois do povo haitiano começar a usufruir em pleno da ajuda internacional, e as coisas normalizarem um pouco, infelizmente vamos começar a ver e a ouvir outras notícias dando conta de pilhagens ou roubos. Pode ser que depois me compreenda melhor.
Se o Tomas de Alencar também interpretou como você, o que ele não diz, é dedução sua,lamento também.
Darwin, gostei de o ler. Laurindo, oxalá fosse sempre assim.

Tomas de alencar disse...

Dexter,pelo teor de alguns coments, penso que o Sr. Darwin , já ca andava á alguns dias, não te parece?

Tomas de alencar disse...

Amigo ,Anónimo Zé, é claro que o Sr. tem Razao, ele haverá sempre ladroes, e haverá sempre pilhagens, mas eu penso que o que agora assistimos é diferente , penso que não é maldade por maldade,pilhagem porque são ladroes.
elas a virem a acontecer penso que têm um enquadramento diferente, até porque os recursos serão quase nulos.
Penso que neste momento,será tudo uma questão de sobrevivência, e acredite, que o "Animal Humano" em situações extremas têm capacidades muito alem das reconhecidas e aceites...

Um Abrço, Amigo.

Dexter disse...

Verdade Tomas. Eu é q ainda n tinha dado conta ;)

Anónimo disse...

É bom constatar um regresso - Darwin -, muito bom. Um abraço virtual (mas sincero) para ti amigo.

Quanto ao teu comment... três décadas? Diz antes séculos... desde o tempo das conquistas que ali nunca ninguém mais teve descanso, ele foi colonização e consequente imposição aos nativos que ou desapareceram ou foram escravizados, depois as sucessivas "raposas" ditatoriais... e agora isto.

Sinceramente tenho dificuldade em perceber como é que ainda existe Povo naquele pedaço de território.

Bom fim de semana, na medida do possível.

Anónimo disse...

Isto é um post de serviço público.
Esteve bem o autor.

Anónimo disse...

O penúltimo anónimo de cima sou eu. O outro é alguém.

Anónimo disse...

...o outro é alguem com a mesma pontaria que eu.

Murganheira disse...

Para quem vê alguma razão nas Teorias da Conspiração:
http://pt.wikipedia.org/wiki/HAARP
e

http://www.youtube.com/watch?v=MnRPZOUVhJ4

Tomas de alencar disse...

Meus amigos e companheiros,estou a esta hora a ver as noticias...sobre o post,encerro aqui os meus comentários , antes que perante tamanha tragédia ,corra o risco de dizer alguma asneira, e isto é tragico demais , para correr esse "risco"...

Um Abraço a todos...

batutaemeia disse...

Agora há quwe coordenar bem as ajudas. Usá-las o mais idoneamente possível. Parece que as estrelas de Hollyood á se prontificaram também a uma ajuda, pelo menos algumas delas.A TMN e a PT também já disponibilizaram uma linha de valor acrescentado, para angariação de funos. Seria bom que tanto a PT como a TMN prescindissem dos seus lucros nestas chamadas e que as mesmas não fossem alvo de impostos. Isto já está a acontecer com as ofertas via multibanco, no outro lado do Atlântico.
O nº 760206206 - 60 c mais IVA, julgo eu.
Vale sempre a pena, nem é preciso citar o Poeta.

Flor disse...

Eu ñ disse para ñ serem solidários...disse sim p´terem Atenção qdo o fazem!!!...
As atitudes são p´quem as pratica...claro q ñ se pode deixar de ajudar só pq no meio disto tudo há pessoas sem escrupulos q se aproveitam da situação...
A miséria leva a que o instinto de sobrevivência s intensifique mais,dai certos comportamentos q penso tb terem mto q ver com desespero;apesar de ter entendido o anonimo Zé...pq há sp outros q sem necessidade vão tirar partido disto tudo!!!

Srº Darwin,sou uma Admiradora do q escreve...ainda bem q voltou...ao contrário do q foi dito aqui, Eu sei bem o q é ñ salvar uma vida por falta duma simples agulha p´1 injectável...aliás todas as palavras são "nada" p´descrever...Nestas alturas,e vou terminar aqui os meus coments a esta situação,Odeio Deus.Por mais q eu tente q eu me esforce ñ consigo aceitar o sofrimento, principalmente das crianças,é horrivel...Pequenos seres q ñ fizeram mal a ng e sofrem tanto...Qdo aqueles "olhitos" nos olham a pedir ajuda e tudo fazemos qdo nada mais dá p´fazer...Sentimo-nos Culpados,Pequeninos pq achamos q ainda deviamos ter feito mais e ter conseguido...

Deus,não te entendo???!!!...

Srº Darwin,já pensou se alguma vez acontece uma situação destas em Portugal?Qual pensa ser a nossa capacidade de resposta?...