segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Regresso à Casa Branca

RECRESSO À CASA BRANCA




Volvidas quase três décadas, eis que regresso à Casa Branca. Já não pelo assombro da arquitectura do edifício; não pela sumptuosidade dos seus interiores; tão pouco pela renovada candura do branco! Regressei a onde nunca fui, porque me era imposto fazê-lo. Sim, incumbências de um missionário generalista. Em toda esta abrangência de procurações, filhas da minha entrega, confesso que cuido com maior desvelo da minha do meio: A Limpeza da Casa. Ei!, falar-vos-ei mais tarde, quiçá, dos meus outros desígnios/filhos. Tereis oportunidade de atestar que não são p’ra mim meros enteados. Só que há sempre aquele desvelozinho mais direccionado… Não sei se será pecado, se o for, mil vezes perdão!
Bem, voltei a onde nunca fui com o objectivo de mostrar ao temporário dono da majestosa mansão os mais eficazes - assim o creio, estudei-os aturadamente - detergentes e quejandos ao dispor no mercado para limpeza de casas... Ele disse-me que já sabia da sua existência, e eu disse-lhe que sabia que ele sabia, mas que queria que ele soubesse que eu sabia.
Não posso dizer que o anfitrião não tenha sido tão simpático como o fora o senhor Sarmento, não senhor, foi um verdadeiro gentleman, porém invadira-me ali um feeling… Naa! Vou esperar pr’a ver… Copenhaga, estarei atento!




Carlos Jesus Gil

9 comentários:

Daniel Savio disse...

Hua, kkk, ha, ha, meio que não entendi...

Mas pelo o que eu entendi foi que você foi a uma casa já esteve, mas que fora reformada e tem outro dono para limpar...

Hua, kkk, ha, ha.

Fique com Deus, menino Carlos.
Um abraço.

Anónimo disse...

Sim senhor. Hoje começa a cimeira mundial do ambiente em Copenhaga. Serve para conseguir um documento que substitua o protocolo de kioto. O futuro do mundo passa por Copenhaga. Claro que os EUA mas não só são uma peça importantíssima. É um post muito pertinente gil.

Flor disse...

Carlos Gil:

"Aldeiazinha" de Tondela,Vale/Borralhal-Barreiro de Besteiros, desenvolveu imenso c a criação do ATERRO SANITÁRIO,criou postos de trabalho,bons acessos rodoviários,entre outras coisas...o único senão é um cheirito desagradável q por vezes existe;mas visto este se encontrar no meio do "nada",longe da zona habitacional não é por aí...
Confesso q qdo venho ao Caramulo,os meus sentimentos ficam na dualidade...entre a bela paisagem q eu conhecia e a q agora existe c imensas "eólicas"...c a certeza d necessidade das mmas!
Das coisas mais impressionantes nesta área,foi saber através d Professor q leccionou a aula "Toxicologia Ambiental", q já s fazem estudos em q s aproveita o nosso caminhar p produzir energia,através ñ sei bem o q?! q se coloca nos passeios...tou a falar do q me foi dito e desconheço!!!...

Quero deixar aqui os Parabéns à revista "Visão",a qual dedicou 1 edição completa a esta problemática e através da qual eu fiquei a conhecer esses produtos de limpeza, q já existem no mercado, amigos do ambiente, com um simbolo de identicação fácil!

Aguardemos pois...claro q com a consciência de tds interesses econômicos q existem por trás!!!...

batutaemeia disse...

Já é tempo de termos juízo. Por nós e pelos nossos descendentes.

Toninho Moura disse...

Já está na hora do Obama lavar da cara aquele sorriso cínico e mostrar que é apenas mais do mesmo. Só que de outra cor.

Toninho Moura disse...

O Dicas Sobre Nada ficaria bem linkado aqui no seu blog, tu não achas?

Ana Maria disse...

Seria uma casa muito engraçada que não tinha teto não tinha nada?
kkkkk,ha,.
Uma casa branca tem diferentes moradores ou frequentadores.
Olá meu amigo, já estava com saudades de vir aqui. Estava com o meu pc internado.
Beijinhos!

AZUL DRAGÃO disse...

Meu caro :

Saber "vender" requer arte .

Vamos lá ver se , desta vez ,
"os campeões das vendas" conseguem vender o produto que têm .

Tenho algumas dúvidas !

É que para se " vender " o que quer que seja , é preciso conhecer muito bem o produto e as necessidades e expectativas do consumidor .

Mas deixa que te diga que tu "vendes" muito bem !

Um abraço

leitor disse...

Vamos estar todos atentos e exigir maoir esforço aos nossos governantes, e educar melhor o nosso povo. Não esquecendo que devemos ajudar os países mais pobres a desenvolverem-se.