segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Que falta de consideração!

QUE FALTA DE CONSIDERAÇÃO!
Metades são iguais, bolas!




No bar que habitualmente frequento, uma hoegaarden de pressão custa cinco euros. É política do estabelecimento servir shots da deliciosa cerveja belga. Um shot custa três euros, e leva exactamente metade da dose normal.
Ora, em momento de cuidada reflexão existencialista eu, que nunca me dei bem com este tipo de injustiças… nem com este nem com qualquer outro, que fique em acta!, resolvo – ou terá sido compulsivo?… - entrar em perfeito parafuso. Por pouco não armo valente estrilho comigo próprio. Então uma metade custa mais do que a outra?!... Porquê?! Ele há lá razão para isso?!
Daí que um dia destes tenha pedido a uma das bar-girls lá do sítio um shot de hoegaarden mas com a metade mais barata.
O pessoal riu, riu desbragadamente… pronto, e eu também, mas reiterei o pedido… E fui servido!




Carlos Jesus Gil

40 comentários:

Anónimo disse...

se comprares uma viagem só de IDA para qualquer lado, é sempre mais cara que se comprares a mesma viagem, para o mesmo destino...mas de IDA E VOLTA.
É assim em tantas e tantas coisas...não vejo qual o tamanho espanto...mas pronto.

o que me vier à real gana disse...

Olha anónimo, não me causa espanto algum. Espantado estou contigo!... É k postei o texto na etiqueta "tolices". Amigo, é uma tolice, uma brincadeira. Tão só. "Eu sei que tu sabes que eu sei" como funciona o mercado.
Abraço e continuação de boas festas!

Anónimo disse...

Abraço para ti também! E boas entradas...sem shot's...senão esvaziam-te a carteira!

Graça disse...

Querido Carlos.

... que fique em acta :)... que te desejo um ano cheio de tudo o que te fizer feliz.

Beijo de carinho.

Je Vois la Vie en Vert disse...

Gostei do "deliciosa cerveja belga"

beijinhos verdinhos duma belga

Verdinha

Laurindo disse...

Boa ahahah!

AZUL DRAGÃO disse...

Carlos ?

E era branca ou preta ?


Um abraço

Tomas de Alencar disse...

E champanhe meu rapaz ? No meu tempo bebia-se era champanhe.

Vanessa Souza Moraes disse...

Obrigada :)

Feliz ano todo para você também!

Dexter disse...

Caro Tomas de Alencar. Eu começo a criticar o teor de alguns comentários porque a qualidade deixou de existir. A grande e real prova disso é que toda a gente que em tempos frequentava este espaço...decidiu saír. Alguns n apareceram mais, sem qualquer tipo de explicações. Outros tiveram a hombridade (penso que se escreva assim) de se despedirem deste sítio justificando-se com a falta de qualidade que o mesmo deixou de ter. Às vezes os POSTS são péssimos, é verdade. Mas isso também é a minha opiniõa...e ela vale o que vale. Também reconheço que por vezes o Gil possa não ter tempo de fazer melhor, dada a sua vida profissional que também não deve ser fácil. Ainda assim, reconheço que nem que deixe uma única frase...ele deixa-a, só para as pessoas poderem aceder ao Blog e terem o que comentar. Tiro-lhe o chapéu quanto a isso. Volto a referir que o grande problema é que subitamente isto foi invadido por várias pessoas que provavelmente nem sequer leem os posts...simplesmente abrem a janela dos comentários e cá vai disto: "um beijinho...um abraço...oi, tudo legal...ou ainda...visite o meu blog". Comentários ao POST.....ZERO. É isso que me entristece...e muito porque acho que nem sequer o próprio Gil merece isso, uma vez que tanto se esforça por nos brindar com a sua excelente escrita e que com certeza gostaria que os comentários se referissem ao que escreve. Espero que tenham compreendido de uma vez por todas o meu ponto de vista. É que estou farto de explicar, mas parece que sou mesmo um mal entendido. E atenção...não tenho nada a apontar a ninguém nem estou contra ninguém. Gosto de toda a gente e caro Tomas...acredite ou não...toda a gente também gosta de mim, incluíndo o próprio Gil que não sei se sabe quem sou ou não. É-me indiferente. Sou livre de comentar o que quiser, desde que não insulte ninguém.
Quanto à sua história de vida...só tenho a lamentar o sucedido. Felizmente (embora não eternamente), ainda não sei o que é a dor de perder o pai ou a mãe...quanto mais os dois. Lamento imenso que isso lhe tenha acontecido...mesmo.
Apesar dessa sua confissão, não faço a mais pequena ideia de quem seja...e acredito também que o Tomas não saiba quem sou eu.
Um abraço...e umas boas entradas!

Anónimo disse...

Por acaso sei a que bar se refere. É caro. Mas, na Praia de Mira, qual é o bar que nãp é caro? Experimentem o Sixties ou o MacBar, ou até o Polar. O que é facto é que as pessoas da Praia pagam preços exorbitantes e calam e consentem. Um dia destes fui a Portomar, ao Zé Tila, mais três amigos e pedimos águas. Na hora de pagar, calhou-me a mim. Puxei por uma nota de 5 e dei-a à senhora que nos tinha servido, perguntando: "Chega?". Resposta: "Se chega? Você pensa que está na Praia ou quê?". Ou seja, pelas 4 águas paguei 2 euros, quando em qualquer bar da Praia dito normal, pagaria 3.60 e num bar especial como o Contrabaixo ou o Sixties pagaria 6. E estamos a falar de água. Façam a experiência com uísque, vodka ou qualquer outra bebida, incluindo a cerveja. O que é facto é que os bares estão sempre cheios. O povo gosta de ser explorado!

Dexter disse...

Ora aí está uma grande verdade anónimo das 11h16.
Já experimentaste o Perlimpimpim na Vagueira? Um novo conceito de Bar, muito interessante, muito agradável, muito cultural...e onde se consegue conversar sem ser aos berros.

f disse...

Pessoal o que vai a mais na metade é p´pagar a "beleza" do copo!!!Dp convenhamos é mais "xique",dá mais categoria um shoot comparado c/ 1 copo de pressão...Modernices pagam-se...ah pois éeeee!!!
Essas reflexões ainda acabam c/ o negócio ao dono do Bar...eu no lugar dele oferecia-te era umas hoegaarden de borla p´ñ reflectires tto!!!...Já agora, o mesmo q ofereça algumas aos amigos tb,q nós aparecemos no dito Bar...

Dexter:a começar pelo "Tás mal muda-te"(imagino bem a cena),claro q li o "vice-versa" e fartei-m de rir...Entendo Perfeitamente.
Agora nisso ñ posso ajudar,ñ sou da Praia,ñ vos conheço!mmo o Gil(q conheço)vejo-o de séculos a séculos...mas tb lhe digo,a começar pelo seu nome,q até é uma coincidência ou ñ,já me deu bem q pensar se me conhecia?!?...
Se calhar de vista...pois costumo ocupar um canto do muro da Vossa Praia,nos dias de sol,sem confusão,a Estudar...Um dos meus lugares preferidos p´o mmo...

O Beberrolas disse...

Gil, esta foi fenomenal. Tens razão pá. E o pior é que não sabes se tens exactamente a metade da tua Hoegaarden ou se o líquido que te despejaram no copo só representa 49% da medida. Ainda encarece mais a coisa, não? Ai as saudades das mini-saias em copo de martini no barco do Tézinho ou as lambretas no Texas do Zé Rui. E ainda por cima de Topázio, lembras-te?
É pá metade da Hoegaarden não te pago, que não tenho dinheiro para isso, mas uma minizita no Miro, quando quiseres aparecer, sou gajo pra isso...

Flor disse...

f = Flor

Anónimo disse...

Olá Gil
Lembras-te de mim?
Há que tempos.
Já que postaste sobre louras, resolvi aparecer.
Sabes que as louras são mais caras, né? E ainda por cima estrangeiras.
Olha, fica-te pelo produto nacional, também são boas e, apesar de tudo, mais baratas.
Isto tudo no bom sentido...não me interpretes mal!
Xáááu.

PS. Tenho saudades daquela malta toda de que o Dexter falou. Era mesmo porreiro e tu falavas mais com a malta.

Loirinha de Aveiro disse...

O Anónimo anterior era eu. Sorry!

Dexter disse...

Flor...tb não sou da Praia...mas já fui.

Dexter disse...

Loirinha de Aveiro: O meu bem haja! É que parece ser a única até agora a compreender as minhas palavras. Irra!

Loirinha de Aveiro disse...

Obrigada Sr. Dexter

Podem dizer que as louras são burras, mas também temos sentimentos.

Dexter disse...

:))))))

Flor disse...

Dexter...não sou loura(com todo respeito p´mesmas)...mas acredite q tb já entendi faz tempo!!!Mas sou uma "seca"!!!Gosto q me piquem e responder a tal...então entre resposta vai e resposta vem,já se bebia mmo uma "bejeka"...Cá p´nós eu ñ tenho as crises existenciais do Autor...é q ñ há cá "metades"...é sp o "Maior e Cheio"...só p´mim...há coisas q nada de partilhar,então agora com a gripe A,sem ter feito a "vacina"...nem mmo um golinho da minha "bejeka"...
ELES VOLTAM!!!...VÃO VOLTANDO...

batutaemeia disse...

Gil, só digo: tá genial

Tomas de Alencar disse...

Na muralha , na Marginal do Mar Flor ?
Entao deixa-me utilizar uma expressao duma pessoa que em tempos foi muito famosa aqui na terra--Jà-te-vite!!

leitor disse...

Pessoal, continuação de festas felizas.
Gil, fartei-me de rir com esta anedota. Muito boa. Uma coisa, o senhor Dexter falar em "posts péssimos" e eu julgo que isso é injusto. Devo ter lido todos ou quase todos os posts deste blog e só encontro bons, muito bons ou excelentes. Mas está bem, é uma opinião.

loirinhaquenãoédeaveiro disse...

Olá loirinha de aveiro. Há muito tempo que não comento mas venho aqui quase todos os dias. Gosto de ler os posts e os comentários. Só para reforçar o que disse o leitor, este blog é muto bom desde o começo.
Boas festas

Anónimo disse...

óh Malmequer de estufa (Dona Flor loool)desde quando é que tu bebes cerveja?Andas Estranha,andas!Bem se vê como desaparecem as minis cá do jardim!Mas para ti a partir de agora passa a ser de litro!Só para ti!

Anónimo Zé disse...

Eu cá sempre fui apologista de que, quando um grupo de amigos se reúne para bebericar uns copos, se deve pagar uma rodada, esperando depois que a gentileza seja retribuída. Imaginemos pois que me reúno com a rapaziada num bar com cerveja a pressão a 1.50 euros, somos dez, é pedida uma rodada, ou seja, dez cervejas, sou o primeiro a pagar e a minha pobre carteira é, logo ali, suprimida de uma nota de cinco e outra de dez, três contos, certo? Como gosto de democracidade nas coisas, quando pago uma rodada espero que todos os meus compinchas de mesa me paguem também, cada qual, a sua rodada. Aliás, é a norma primeira e única da rodada, não? Contas feitas, no fim da festa, saem dos bolsos daqueles bebericos 150 euros, trinta contos! Isto, se a coisa correr normalmente, e se, entre nós, não aparecer aquele amigo gosma, que, ou se esqueceu da carteira ou não teve tempo de ir ao multibanco levantar dinheiro... Tá mal, porque aí, cada um de nós vai ter um prejuízo de euro e meio, o que não é de todo de desprezar. E depois é o ambiente que fica pesado, vozes interiores a clamarem que o gajo é sempre o mesmo, há o risco de se sentirem amizades pouco saudáveis.
Antigamente, com os copos ao preço da uva mijona, ninguém ligava a isso, quinhentos, mil paus, no máximo dois, a dividir por todos, dava para fazer a noitada e o gosma até era aceite como adereço e nunca condenado pela súcia.
Agora a falar a sério, estes proprietários de bares devem estar loucos, como diria o outro que só bebia da poção mágica. São um exagero os preços que hoje em dia se praticam com as bebidas, em todos os bares da noite. Conheço muita gente que já se aparelhou de garrafinhas trazidas de casa, seja de cerveja dentro das malas das senhoras, seja uísque naquelas garrafinhas de metal, seja bacardi dentro de garrafas de água das pequeninas, em plástico, e que depois, ajuntando-lhe uma cola ou um sumito de limão ou morango, vão passando a noite com um consuminho muito mais maneirinho. Bem feita para os exploradores, sem aspas. Abençoados criminosos, com aspas, noctívagos Robin Hoods, defensores dos ideais dos pobres e oprimidos. E como ladrão que rouba a ladrão...

Anónimo disse...

Este post não só é hilariante como mostra bem a exploração por parte e alguns comerciantes. Nisso tem razão o anónimo zé.

Loirinha de Aveiro disse...

Este anónimo Zé é demais. está fixe e até é verdade o que ele diz sobre levar bebidas para os bares. Então a malta tem que se defender né?

Tomas de Alencar disse...

Ola Rapazes:

Aqui na cidade onde vivo, o mais simples cafézito custa 2,50 euros e ainda é pior que o nosso "cafézinho de borra"...Mas enfim.
Depois de varios cafés e bares percorridos a nossa (minha e de mais dois amigos)simpatia,recaiu sobre um barzinho muito simpatico,
com somente um senao... é um bar turco.
Bom depois de alguns meses de fidelidade e frequencia, là se adquiriu a simpatia das bar-girls
e dos proprios proprietarios, (que sao Turcos).
Pois no referido a maioria da musica ambiente é Turca, e isso é que nos custava,entao estava-mos
tanto pela bebida e ainda tinha-mos
que "gramar" com aquilo...
Pois o simpatico proprietario parece como que a adivinhar o nosso gosto pela musica(e se calhar para nao perder os generosos
eurozitos que là deixava-mos) veio-nos pedir agora hà dias, se nao tinha-mos uns CDs, com musica nossa para là meter!!! hà que alegria, logo de imediato veio um a casa buscar CDs;
Pois meus Rapazes agora até custa menos pagar uma rodada, e olhem que nunca é menos de 20 ou 30 euros, mas agora ao som de Rui Veloso,Luis Represas , paulo Gonzo entre outros; Uma maravilha! e até os turcos gostam.

Hà! e o champanhe ainda por cima, podemos trazer de casa...

Um Abraço.
Até breve.

Flor disse...

Q Queridos!!!Amo-vos desde o 1º dia q vos vi!!!Voltem a ligar ao malmequer d estufa as 4h da matina p´ir trabalhar por vcs, pq tão no Polar numas "relações d transacções"...É q a brincar falam-se por vezes coisas sérias!!!Eu bem vos ouço a falar das noitadas na Praia d Verão...é a paisagem é diferente...calor...menos roupa...tão diferente q nem entram neste tipo de reflexão...pois...agora d Inverno a paisagem muda né?!?cm a vossa reflexão é outra,não vos ouço falar da praia???Só q os bares, nesta altura do ano, quem os "mantem" abertos são os residentes locais,arredores e pouco mais,q se calhar pagam pelas vossas noitadas d verão...digo eu...
Na hipotese d eu ñ beber cerveja,o q escrevi poderá ter outra interpretação?!?...Mas leiam e descubram q desta vez ñ vos faço nenhum desenho...há coisas na vida q são mmo mto nossas e só podem mmo ser entendidas por alguns...
O q vcs queriam sei eu!!!Q vos pagasse umas cervejas no Polar...as companhias dos "negócios d transacção" q vos paguem...ñ me façam falar!!!...
Malmequer de estufa...esta é q vai ficar em acta...rsrsrs

Anonimo Zé...cm sp...Demais!!!

Flor disse...

Tomas de Alencar,só fiquei a pensar numa coisa...nessa cidade o ordenado minimo ñ é o mesmo deste País?!?...café a 2,50 euros...ai aiiii...mas é bom realmente qdo se encontra um sitio com o qual nos identificamos p´passar algum tempo c os Amigos a desanuviar o "Espirito"...

Tomas de Alencar disse...

Pois nao flor , os dinheiritos nao sao iguais ...
Se assim nao fosse , nem a beleza estonteante da cidade, me fidelizava...

Um Abraço .
Até Breve:

Daniel Savio disse...

Pois simplemente alguém vai lucra o quadruplo com a bebida...

Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de verdade.

Só se cuida menino Carlos (nada de beber demais e dirigir, ok?).

E vou ler os teus recados no Insanos em tratamentos, talvez demore um pouco a responder, ok?

Fique com Deus, menino Carlos.
Um abraço.

Táxi Pluvioso disse...

Então não é essa a cara metade de que oiço falar.

UM MUITO BOM ANO

Dexter disse...

A prova de que a música é um bem precioso e símbolo de união e espírito positivo a nível global.
Um bom 2010 para todos.
http://www.youtube.com/watch?v=rWjZX57QQDY

Tomas de Alencar disse...

Tolices.
Fora do contexto do post( jà comentei), e porque nesta pausa de natal passo muitas horas ,no meu PC
porquê é que raio quando no youtube,ouço "pink floid-mother-live" e depois passo "roger waters-mother-live" fico sempre com este "Nò" na garganta...

Anónimo disse...

ahahahahah

J. Da Lagoa disse...

Pois é massô... é assim mesmo!
Lá que é puxado é... mas tb temos as belas das "mines", não são estrangeiras mas tb se bebem bem, haja sede.

No outro dia entrei no novo espaço da Praia, novo de nome entenda se, por um Gin Fizz (aqueles com sumo de limão, creio q espremido!) 5 eurios... de repente a tua Hoegarden até se me parece barata....

Haaa belos tempos dos traçadinhos do calcinhas, os holendeses de ferias cá plo burgo até se passavam... e elas atão nem se fala ehehhehe