quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Os representantes

Admitindo a perenidade da dinâmica social, exorto a malta a acreditar que com aqueles que hoje tomaram posse a coisa muda... até porque os stocks não estão como estavam, longe disso! Até agora a realidade ajusta-se, perfeito, ao seguinte diálogo... ou vice-versa, tá.




OS REPRESENTANTES


… - E depois?
- E depois, o quê?
- Não vejo onde é que está o problema, é que não mesmo!
- Mas quem é que disse que havia um problema? Por acaso até nem há… não há um, são pelo menos quatro, os problemas.
- É pá, não te entendo… nem a ti, nem à puta da horda que representas!
- Puta?!, horda?!, olha o dicionário!... Deve haver aí, no teu raciocínio, uma inversão qualquer. Vai ver, consulta o dicionário!
Mas, continuando, não nos entendes?, ai não?!,ai não?!!! Então presta atenção! Os problemas residem – e olha que os vejo bem alojados, num conforto ímpar, inibidor de qualquer vontade de migrar – no modo de vida do teu patrão, no modo de vida dos filhos dele, no teu modo de vida e no mecanismo programado que vos abriga a todos no Inverno e vos areja no Verão…
Ainda não nos entendes, pá? Aprendemos nas mesmas escolas, estudámos pelos mesmos livros e até trocámos apontamentos… Teremos processado a informação, toda ela, de modo tão diverso?... Não me parece, até tínhamos notas similares!
São, agora, duas as doutrinas: a que segues, a que sigo; já não ouvimos as mesmas bandas. Apanhaste boleia, eu e a horda ainda andamos a pé.
Boa viagem!




Carlos Jesus Gil

55 comentários:

Anónimo disse...

Os representantes são sempre os mesmos. Ele é o Carlão, ele é o Paulo Varanda, ele é o Ze Bia. Reigota na frente, a senhora vereadora da Praia, por ter revelado grande competência, é para continuar. É mais do mesmo.
Esse grande competente, um tal de Milheirão, continua com grande apoio. Tem mais quatro anos para provar aquilo que não é.......... trabalhador-

batutaemeia disse...

Boa análise. Penso que o gil se refere ao nacional e não ao local.
Esperemos que se pense mais no povo nesta legislatura.

Talvez Você Tropece nisso.... disse...

curti, meio sem entende rconfesso...o meu entender é que os problemas sao osmesmos vistos de pontos diferentes...sob olhares diferentes..ond emuito desta forma nem veem problemas

Anónimo disse...

Estou a ouvir o patrão dos patrões, da CIP, no canal 1. Até arrepia aquela insensibilidade social.

silva disse...

É, pode querer referir-se à política nacional. Se é, os quatro problemas serão o PPD, o CDS, o BE e o PCP. Blá blá na campanha, o Sócrates para a rua e não sei que mais, mas o povo é que não é estúpido e percebeu que quem está em condições para governar, com muitos defeitos mas muito mais virtudes, é o PS e o José Sócrates.
Se se refere à política local, aplica-se o mesmo, mandam ao povo um bêbado, um reformado privilegiado, que durante os anos que não esteve na Câmara, não mexeu palheira em prol do bem comum e um comunista que só cá veio sacar o subsídio, e o povo pimba, escolheu quem , apesar de defeitos e com muitas virtudes, trabalhou para desenvolver o concelho. E o povo escolheu quem os representou bem.

JOSE TERRA disse...

o sr.anonimo das 22,13 deve ser um tipo de pessoa muito há frente então está a por em causa o trabalho dos meus massos!!!!
quem é que queria lá??
o madeira!!
o eng.janeiro??
a graçita111??!!
SÓ SE FOSSE AQUELA MENINA BONITA...

O verdadeiro anónimo disse...

amigo Jose terra

Não tenho duvida que qualquer dos outros candidatos faria muito melhor que o que lá tem estado. O Sr. Milheirão e o senhor Ramiro só lá estão pelo dinheirinho, porque o resto é só conversa. Não fazem rigorosamente nada. Aliás o sr. Milheirão nem pela vidq dele faz, quanto mais pela comunidade. E assim lá vamos cantando e rindo....

O Pitosga disse...

O verdadeiro anónimo é danado. O masso deve saber do que fala.

Albano Crispim disse...

Não entendi o palavreado da menina
Talvez você tropece nisso....
De tanto tentar perceber acabei por tropeçar no emaranhado de ideias.....

Anónimo disse...

tema desagradavel amigo carlos

O Pitosga disse...

Nos proximos quatro anos a Praia de Mira vai ter piscina, gimno desportivo, conforme promessa eleitoral do senhor que ocupa a cadeira de presidente da junta. E, muito importante vai apoiar as associações da terra, coisa que nunca fez. Enfim tenho que admitir que esse senhor tem grande capacidade para enganar o povo. Tiro o chapéu à sua inteligência.

Anónimo disse...

o pitosga, olhe que nao,olhe que nao, o homem nao é nada disso(inteligencia!!!)

Anónimo disse...

Malham no homem, mas o que é certo é que ele voltou a ter mais votos sózinho do que os outros juntos.

O Pitosga disse...

Teve os votos porque recorreu aos velhos métodos, o chamado caciquismo. Só se viam carros em grande correria a ir buscar os esquecidos. Porquê? Porque para o sr. Milheirão a junta é sinonimo de dinheiro. E não tenham duvidas ele só lá está por isso. Até já disse que nas próximas eleições vai ser a filha a candidata. Até goza com o povo.

portas disse...

Ò amigo PITOSGA acredita que o Homem ganhou devido a esses métodos, olhe que nao,olhe nao.

Anónimo disse...

Pitosga, deves ter um ódio ao homem tão grande que nem tens discernimento para aceitares que aqui funcionou a democracia. O povo escolheu. Isso do dinheiro não me convence, se ele estivesse à espera do dinheiro da junta estava bem arranjado.

Flor disse...

Não conhecendo eu a "puta da horda",nem os que andam a pé(faz bem como prevenção aos problemas cardiovasculares);terei que dizer:"Tá aqui uma tenda bem montada"!...
Pois...Pessoal Calma!!!As Autarquias tão de "tanga" o que é do conhecimento público não há muito dinheirinho para meter ao bolso!!!Qual é a vossa?!Claro que dá-se a obra ao amigo Zé compra-se material ao amigo Jaquim mas quem de nós não faria isso?!Não passa tudo de Amizade o que é de Louvar!
Sim,os livros são os mesmos,a escola...até os apontamentos mas o Carácter e Personalidade é individual,de cada um,assim como a consciência...
O Povo decidiu tá decidido.Gostaria sim de ver presentes,nas assembleias abertas ao Povo,o dito Povo alerta a questionar as obras feitas prometidas e que estão por prometer...Só falar em cafés,à porta da Missa com Deus nosso Senhor como testemunha não basta;É PRECISO OPOSIÇÃO assim como é dever dos candidatos que perderam estarem atentos a tudo!Um voto que seja é sinal de que alguém acreditou e deu a sua confiança a esse candidato é seu dever Respeitar os que nele acreditaram e com ele estiveram.
A Todos só posso dizer temos o que escolhemos!!! A Maioria vence!!!
Grândola Vila Morena.....o povo é quem mais ordena....Pois...Pois...Muito dificil mudar mentalidades!!!...

Anónimo disse...

INDIGNAÇÃO POLÍTICO / ECLESIAL
A guerra por aqui é outra.
Estas últimas eleições na Ribeira foram muito clarificadoras das Grandes obras que para aí vêm.
O Silva, cabeça de lista do PSD nestas últimas eleições para a Ribeira, pediu ao Sr. Padre Coelho, uma visita ao Centro de Dia e à Creche, no âmbito da campanha eleitoral.
O pedido foi feito cerca de dois (2) meses antes do dia previsto para a visita, para o último dia da campanha.
Esta é a verdade, não a mentira da Igreja que circula por aí, que nós não pedimos atempadamente a visita.
Há dois (2) meses atrás, a resposta do Sr Padre Coelho ao Silva, a toda a lista e ao Sr. Dr. Carlos Encarnação foi positiva, poderíamos fazer a visita às instalações da Igreja.
Lamentavelmente, só no dia da visita, duas horas antes, às 15 horas, tivemos indicação por telefone, do Sr. Padre Coelho, que afinal não podíamos visitar o Centro de Dia nem a Creche, fomos assim impedidos de visitar os idosos e os mais pequenos. A razão, é que estava escrito no nosso Manifesto, já distribuído pela freguesia, a visita do Sr.Dr. Carlos Encarnação às referidas instalações.
Posso dizer que o Sr. Dr. Carlos Encarnação não ficou nada contente, no entanto, nada surpreendido com esta decisão. Porque será? Nunca tivemos obstáculos na visita a outros grupos da Freguesia, porquê aqui?
Tivemos também o cuidado, na pessoa do nosso candidato, de avisar da visita ao Terreno da Igreja, para onde estão previstas algumas valências da Igreja, com um projecto que tem dado finalmente passos largos com o Vereador de saída, Engº João Rebelo. Curiosamente e com grande estranheza do Sr.Dr. Carlos Encarnação, não apareceu ninguém da Comissão Fabriqueira da Igreja junto do terreno, pelo menos para agradecer os esforços da Câmara neste projecto para a Ribeira. Falta de tempo? Falta de educação?
Curiosamente também, no manifesto do PS vêm a dizer que é desta que “ a questão do terreno da Igreja vai para a frente”, deixando livres espaços junto da Igreja para a capela mortuária, tudo isto com o acordo do Chefe eclesial, (deve ser o Sr. Padre Coelho). Nos anos em que tivemos o mesmo partido político na Junta de freguesia, na Câmara Municipal, no Governo e na Presidência da Republica, obras nem vê-las. Tudo isto é muito engraçado, estreitas relações políticas/eclesiais já existentes há alguns anos, quem sabe já na génese da extinção do Serviço de Ambulâncias na Ribeira. Como o PS nunca conseguiu “agarrar” este serviço, teve de acabar.
Será que o Serviço de Ambulâncias está para voltar em breve com outras cores?
Afinal sempre vamos ter capela mortuária junto da Igreja?
Depois do desespero há mais de 20 anos, sempre vamos ter as obras a avançar no terreno da Igreja, neste mandato do PS, com uma lista renovadíssima, cheia de garra e com muita gente da Igreja?
Vistos os factos, estamos finalmente a chegar ao momento em que vão arrancar as grandes obras da Igreja, as verdadeiras e com maior interesse sócio culturais para a nossa freguesia, para assim serem entregues os louros “a quem merece” e ao PS que está de parabéns.
Para que não restem dúvidas, nestas eleições bem como em todas as anteriores, a lista do PSD na Ribeira não teve o apoio da Igreja.
Ao invés, augura-se um GRANDE E PLENO mandato do PS na nossa freguesia, terra que tanto merece e que todos nós amamos.
No entanto, aproveito para dar os parabéns à lista adversária, a todos os que aí se aplicaram arduamente e, desejo de Boa Sorte no cumprimento das promessas meditadas e de fácil execução.
E estava eu para voltar a ir dar catequese este ano. Mãos à obra

O Pitosga disse...

O anonimo das 22,18 vê-se bem que nao sabe o que tem passado. Não é só o ordenado, são os kilometros e outras alcabalas. O lugar rende, garanto-lhe que rende..
O sr. portas também não viu aquilo que muita gente viu....

Anónimo disse...

Ó Pitosga agora estãs a fazer acusações graves, vê lá onde te estás a meter. De pitosga deves ter pouco, pois parece que vês mais do que os outros. Ser adversário político é uma coisa, agora insinuar que esse adversário político anda a fazer irregularidades já é muito sério. E então o resto da equipa? Também são desonestos? Não têm acesso à contabilidade da junta? Estás a pôr em causa muita gente que eu tenho a certeza que são honestos. Se houvesse irregularidades já eram do conhecimento público, afinal o homem já lá está há uma porrada de anos.

Anónimo disse...

O texto é bom demais para admitir alguns comentários de indeterminados anónimos.

Anónimo disse...

Continuando no anonimato, Sr. ou Sra. Anónimo(a) antes de mim, o texto tem tudo a ver com o que se discute aqui. Desde logo se fala dos nossos representantes, pessoas que todos conhecemos, pessoas amigas do nosso tempo de escola que se deveriam respeitar umas às outras porque passaram pelas mesmas alegrias e as mesmas tristezas ao longo da vida. Uns mais que outros evidentemente. Somos parte da consciência comum da nossa terra.´Diferimos uns dos outros na maneira como encaixamos a vida e da maneira como julgamos o nosso semelhante, muitas vezes com maldade entrelaçada em ódios adquiridos por não suportarmos o êxito alheio. Portanto, há anónimos e ANÒNIMOS. Vontade para me identificar não me falta, chamar os bois pelos nomes. Não o farei porque o tema é melindroso e no meu entendimento desnecessário.

Anónimo disse...

ò amigo pitosgas ser oposiçao é um direito que lhe assiste, mas agora passadas as eleiçoes e por mais que lhe pareça injusto tem de aceitar, ò nao aceita a democracia? afinal quais eram as alternativas? prepare-se para daqui a 4anos Homem.

portas disse...

A falta de experiencia fez com que o comentario das 18.26 ficasse anonimo,(desculpas)

Anónimo disse...

tá engraçado mas penso que como um dos anónimos aqui referiu o texto merece mais do que algum palavreado barato.

Sara disse...

Dois amigos. Agora, ex-amigos.
Inseparáveis na adolescência e na juventude. Do mesmo estrato social, filhos de classe média, média-baixa. Um, enveredou pelo chico-espertismo, foi subindo na carreira laboral através de meios reprováveis. Chegou a Director de empresa, Sr. Engenheiro. Foi-se esquecendo do outro, dos outros, repugna-lhe a ideia de ter sido igual a eles. O outro, o advogado que representa, sem custas, operários pobres prestes a serem despedidos. Trabalha pela causa e porque, em desespero lhe foi pedido. O Sr. Engenheiro, lambe-botas do patrão, será certamente recompensado se mandar porta fora, para o desemprego,quatro pais de meninos, de meninas, que brevemente estarão a chorar de fome. A mesa do Sr. Engenheiro continuará lauta. O advogado do povo também continuará a ter de comer para dar aos seus. Só que o tempo das suas refeições será amargurado pela premente desilusão de não ter conseguido evitar mais quatro tristes paradigmas do flagelo do desemprego.

Anónimo disse...

Triste democracia esta...
Temos um gajo que em 4 anos nada mais faz por nós do que uma ponte mal engendrada, temos outro que só diz que nada pode porque nada tem. Vão a votos e dão abadas, vá lá a gente entender isto.
E se a concorrência para o 1º era tão má como ele, para o da Junta sempre havia alternativa.
Mas com estes sabemos o que temos, nada x nada. Um homem prepotente, arrogante e incrivelmente incompetente por mais 4 anos. Mas nós merecemos isto???
Claro que merecemos, no geral somos uma cambada de idiotas, invejosos e malandros que nunca passaremos da mediocridade como comunidade. Nada exigimos e contentamo-nos com o pouco que nos dão mais um ou outro porco no espeto com uns garrafões de vinho. E entretanto lá vai o nosso representante-mor assobiando pro lado com as costas direitas porque não faz que não é com ele, porque não quer saber que é com a câmara, porque não o chateiem que a vida dele é outra.
Em terra de cegos quem tem olho é rei e este meus amigos...sabe-a toda.

Anónimo disse...

INDIGNAÇÃO POLÍTICO / ECLESIAL
Esta terra é uma vergonha!
Estas últimas eleições na Ribeira foram muito clarificadoras das Grandes obras que para aí vêm.
O Silva, cabeça de lista do PSD nestas últimas eleições para a Ribeira, pediu ao Sr. Padre Coelho, uma visita ao Centro de Dia e à Creche, no âmbito da campanha eleitoral.
O pedido foi feito cerca de dois (2) meses antes do dia previsto para a visita, para o último dia da campanha.
Esta é a verdade, não a mentira da Igreja que circula por aí, que nós não pedimos atempadamente a visita.
Há dois (2) meses atrás, a resposta do Sr Padre Coelho ao Silva, a toda a lista e ao Sr. Dr. Carlos Encarnação foi positiva, poderíamos fazer a visita às instalações da Igreja.
Lamentavelmente, só no dia da visita, duas horas antes, às 15 horas, tivemos indicação por telefone, do Sr. Padre Coelho, que afinal não podíamos visitar o Centro de Dia nem a Creche, fomos assim impedidos de visitar os idosos e os mais pequenos. A razão, é que estava escrito no nosso Manifesto, já distribuído pela freguesia, a visita do Sr.Dr. Carlos Encarnação às referidas instalações.
Posso dizer que o Sr. Dr. Carlos Encarnação não ficou nada contente, no entanto, nada surpreendido com esta decisão. Porque será? Nunca tivemos obstáculos na visita a outros grupos da Freguesia, porquê aqui?
Tivemos também o cuidado, na pessoa do nosso candidato, de avisar da visita ao Terreno da Igreja, para onde estão previstas algumas valências da Igreja, com um projecto que tem dado finalmente passos largos com o Vereador de saída, Engº João Rebelo. Curiosamente e com grande estranheza do Sr.Dr. Carlos Encarnação, não apareceu ninguém da Comissão Fabriqueira da Igreja junto do terreno, pelo menos para agradecer os esforços da Câmara neste projecto para a Ribeira. Falta de tempo? Falta de educação?
Curiosamente também, no manifesto do PS vêm a dizer que é desta que “ a questão do terreno da Igreja vai para a frente”, deixando livres espaços junto da Igreja para a capela mortuária, tudo isto com o acordo do Chefe eclesial, (deve ser o Sr. Padre Coelho). Nos anos em que tivemos o mesmo partido político na Junta de freguesia, na Câmara Municipal, no Governo e na Presidência da Republica, obras nem vê-las. Tudo isto é muito engraçado, estreitas relações políticas/eclesiais já existentes há alguns anos, quem sabe já na génese da extinção do Serviço de Ambulâncias na Ribeira. Como o PS nunca conseguiu “agarrar” este serviço, teve de acabar.
Será que o Serviço de Ambulâncias está para voltar em breve com outras cores?
Afinal sempre vamos ter capela mortuária junto da Igreja?
Depois do desespero há mais de 20 anos, sempre vamos ter as obras a avançar no terreno da Igreja, neste mandato do PS, com uma lista renovadíssima, cheia de garra e com muita gente da Igreja?
Vistos os factos, estamos finalmente a chegar ao momento em que vão arrancar as grandes obras da Igreja, as verdadeiras e com maior interesse sócio culturais para a nossa freguesia, para assim serem entregues os louros “a quem merece” e ao PS que está de parabéns.
Para que não restem dúvidas, nestas eleições bem como em todas as anteriores, a lista do PSD na Ribeira não teve o apoio da Igreja.
Ao invés, augura-se um GRANDE E PLENO mandato do PS na nossa freguesia, terra que tanto merece e que todos nós amamos.
No entanto, aproveito para dar os parabéns à lista adversária, a todos os que aí se aplicaram arduamente e, desejo de Boa Sorte no cumprimento das promessas meditadas e de fácil execução.
E estava eu para voltar a ir dar catequese este ano. Mãos à obra

Anónimo disse...

ah ganda anónimo da Ribeira! Força

Laurindo disse...

Isto está animado

Anónimo disse...

Anónimo contra a Junta e contra a Câmara, e quais eram as alternativas? Para a Junta o famoso advogado Dr.Madeira? O Eng.Janeiro? Ou porque é que não te candidaste tu? Fazias uma lista de anónimos iluminados, ganhavas e arregaçavas as mangas e punhas-te a trabalhar para deixar obra feita daqui a quatro anos. Assim escusavas de estar a dizer mal de tudo e de todos. Também deves ser daqueles que têm feito muito pela Praia e pelo Concelho, ou seja daqueles que só aparecem de quatro em quatro anos, a apertar mãos e a dar beijinhos à caça do voto. Agora atua frustração faz-te saltar o fel todo que tens aí dentro, danado com o êxito alheio. O Milheirão é incompetente mas ainda consegue reunir a confiança dos seus conterrâneos. Foram quase mil votos pá. E o Reigota quase 6 vezes mais votos que o candidato que tu se calhar apoiavas. Deixa trabalhar quem ganhou legitimidade para trabalhar.

zua disse...

O anónimo de cima é o ZUA.

Anónimo disse...

Era isso que eu queria ó Zua como eu, era que eles trabalhassem.
O famoso advogado Madeira como lhe chamas, com ou sem fama certamente faria qualquer coisa, tem vontade para trabalhar. O Eng. Janeiro, claro que sim, também não tenho dúvidas. Assim como não tenho deste que teve quase 1.000 votos e que já se sabe, se vai resumir à administração do cemitério. Já sabemos que daí nada virá. Mas é o que o povo quer e gosta, triste gente.

Apaziguador disse...

Pessoal amigo não se ofendam uns aos outros. Tá mal.

portas disse...

Bem, parece que entrei num blogge onde sò comentam pessoas,trabalhadoras,sérias,com sucesso e que fazem tudo o que é bem feito e correcto,parabens !!!

Anónimo disse...

Mas o que é que o texto tem a ver com isto?

Anónimo disse...

Com todo o respeito Sr. Portas,entrou num blogge onde impera a democracia!!!Penso eu de que...onde as pessoas são livres de dizer o que lhes vier à real gana!!!Porém fico triste quando ainda nestes tempos se ameaça alguém por alguma coisa que foi dito...Há que realmente provar acusações mas VIVA A LIBERDADE de as denunciar também!!!Acredita só quem quer...
Realmente o texto é perfeito demais para certa troca de palavras...devia ser "tema" de grande reflexão para todos...concordo consigo numa coisa ninguém é Perfeito mas que há uns mais perfeitos que outros...

Anónimo disse...

isto está porreiro. mas será que ninguém vê que o autor se refere às legislativas, porque a tomada de posse a que ele se refere á a da Assembleia da República.

ideólogo disse...

isso por aí está picante, não? Vamos lá a ver se esses representantes da nação se portam bem. Boas!

Anónimo disse...

E viva o anónimo da Ribeira. Será de Pena ou de Frades?

Anónimo disse...

Amanhã é a tomada de posse dos senhores políticos de Mira. Vai ser um corropio de vaidades dos do PS e os do PSD encolhiditos. Pelo menos o Balugas vai voltar à política activa. Forrem os ouvidos.

portas disse...

sr. anonimo das 23,26h,està certo em alguns pontos,mas lea com atençao alguns textos acima e verà e compeendera certamente o que eu quis dizer!!e outra coisa ; nao,a democracia e a liberdade nao veio para qualquer pessoa dizer o que lhe vem à REAL GANA,pelo menos as pessoas de bom senso...espero que com esta reflexao nao me tenha em conta como antidemocrata,até porque nem foi o partido e candidato da minha simpatia que ganhou.viva a liberdade!!!

Anónimo disse...

Ó Portas, então primeiro dizes que não havia alternativas e agora vens dizer que afinal o candidato da tua simpatia era outro que não o que ganhou!
Ah grande Portas vê-se logo que és político.

Jerónimo disse...

Viva o Comunismo.
Viva a classe operária.
Viva a reforma agrária da Videira.

Anónimo disse...

O Portas é um artista. É dos do tacho.

portas disse...

sr. anonimo das 18'13h leia com mais atençao os textos, em nenhuma das intervençoes eu afirmo que nao haja alternativas; em segundo,olhe que nao,olhe que nao(nao sou
politico).

Graça disse...

Que animação!!!

Que seja uma boa viagem :).

Beijo, Carlos.

Jerónimo disse...

Se vivessemos na Coreia do Norte ou em Cuba ou no Irão não tínhamos estes problemas todos.

politólogo disse...

O Jerónimo é que tem razão. Então o povo escolhe e ainda há alguns que criticam o processo? O povo escolheu, logo está bem.

Anónimo disse...

Ó Portas não sejas aldrabão, lê lá bem o teu comentário anónimo (corrigido para Portas a seguir) de dia 19, onde perguntas "mais que lhe pareça injusto tem de aceitar, ò nao aceita a democracia? afinal quais eram as alternativas?".
Portanto esta tua pergunta de retórica indicia bem o que querias dizer ou então teremos que reformular o português.
Mais tarde vens dizer que não foi o teu candidato que ganhou!!! Bem, se identificavas outro candidato como melhor do que aqueles que ganharam, então havia alternativa.
Em suma Portas, és um troca-tintas...és um político, destes aqui dos nossos, chico-espertos que vão para casa olhar-se ao espelho e que grandes gargalhadas devem dar quando pensam deles para eles: Epá, isto é que a malta é burra!

Anónimo disse...

Há por aqui gente a comentar bem, mas há outros que cum caracitas

Anónimo disse...

Por falar em representantes, o Sr. Rocha de Almeida, representante-mor de uma importante faixa do eleitorado de Mira, decidiu não comparecer à tomada de posse da vereação da Câmara, hoje, 22.10. Aí está o carácter desse senhor na sua plenitude. Menosprezou quem confiou nele e esteve-se nas tintas para a solenidade do acto. O mito do salvador da pátria expirou. Espero que o PSD tenha aprendido a lição e propnha, daqui a quatro anos, um candidato que goste verdadeiramente desta terra.

Dexter disse...

O Milheirão quer é poleiro...e mais uma vez conseguiu.
Mas é bem feito para as mentalidades retrogadas que habitam a Praia de Mira.

Anónimo disse...

É engraçado que, quando se fala de assuntos da terra, este blog ganha vida. Ganha a vida que já teve.
Sr. Masso...tome nota disso ;)

Daniel Savio disse...

Eu diria que o problema principal e único seja como processamos a informações que recebemos...

Fique com Deus, menino Carlos.
Um abraço.