segunda-feira, 22 de junho de 2009

Poema de amor (digo eu!)

Dêmos o que pudermos,
e que só bem faça
a quem o dermos!




Carlos Jesus Gil

19 comentários:

loirinhaquenãoédeaveiro disse...

E o mundo seria mais lindo

Monique Frebell disse...

Amém!

Bjus!

=)

FERNANDA & POEMAS disse...

OLÁ QUERIDO AMIGO... GOSTEI!!!
ABRAÇO-TE COM CARINHO,
FERNANDINHA

sarasvati disse...

Os portugueses tinham o hábito de mandar escrever em azulejos frases que punham sobre a porta de entrada. Não me importava de ter esse terceto, sobre a minha. :)

Boa noite.

Desnuda disse...

Eita...Que lindo! Paz e bem, sempre!


Beijão

Chris disse...

Gostei de ler as suas palavras...
Cumpts,
Cristina

C. disse...

Dependendo do que dermos, só fará mesmo o bem, caso contrário, melhor nem oferecer.

Fiquei curiosa para saber o que quer dizer ´gana`...

linda disse...

Hummmm, mas quanta generosidade! muito bem

bj

Graça disse...

(dizes bem!)


Beijo meu [entre reuniões :)]

Laurindo disse...

E se for assim o mundo melhorará

aa disse...

Interessantes estas tuas palavras 'real gana'...!
E também é dando, sem querer ou esperar nada em troca, que fazemos o bem a quem recebe...
Beijo,

AA

Ana Maria disse...

Tudo transformaria.
Amigo, obrigada pelas gentis visitas.
Beijooosss!

São disse...

pois eu também o digo de amor . Até mais do que alguns tão empolados que para aí se ouvem!

Tudo de bom.

Emilly disse...

olá,obrigada pela visita!
adorei o seu espaço.

está adicionado =)

:*


e belo poema.

Italo Lemos disse...

E assim seja...
Simples e Objetivo.
Parabéns! ^^

Deh Bee disse...

simples como beber água... ou simples como amar? bjus!!

batutaemeia disse...

Excelente mensagem. E sim, como a São também acho que é um poema de amor.

Chris disse...

Entre o poema e o amor... bonito.
cumpts,
Cristina

Táxi Pluvioso disse...

No caso de amor... damos tabefes.