sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Olá malta!

Mais um post para descongestionar. Fala de zés portugueses, mas bem poderão, os meus amigos de outras geografias, adaptá-los aos seus zés. Para estes também, a informação de que o Emplastro é alguém que sempre que sonha a existência de uma reportagem televisiva, corre a cem-à-hora (o homem nem tem carro, mas...) para o local, pondo-se de imediato a jeito da câmara... Tanto assim é, que já é figura nacional. Enfim!








OLÁ MALTA!

Gostaria, hoje, de falar-vos de algo muito especial; do que vos quero falar, tem implicação constante no nosso quotidiano, bem, é assunto absolutamente não despiciendo… Esperem lá!, não, mudei de ideias – é que eu estou sempre a mudar de ideias, é-me inata, esta inconstância. Até já tive, vejam lá!, uma empresa de mudar ideias, a “Mudança de Ideias, lda”, mas como algumas ideias são muito pesadas e eu levava muito barato, cheguei à conclusão de que não dava o trigo pr’á renda, e, despedindo-me a mim próprio, sem direito a qualquer indemnização, fechei a dita cuja. Sabendo do sucedido, um amigo meu até me diz: “Eh pá, tu podes é ir pr’á política. Lá é preciso ser-se bom a mudar de ideias, e tu és um especialista no ramo!”; “Não, Xavier, não meu velho. Então tu não vês que essa rapaziada ainda ganha pior do que eu ganhava com a empresa!? Xavier, esse pessoal é mal pago, pá. E ainda por cima é mal visto! Não, obrigado pela ideia, tu, que as tens bem fixas, mas não!”; “Pois tenho e insisto, chega-te a um Partido, rapazito!”… Não me cheguei… por enquanto, pois comigo nunca se sabe… -, vou antes propor-vos um desafio. O primeiro a acertar no enigma que se segue - isto se eu entretanto não mudar de ideias -, ganha uma viagem a… (depois digo. Antes tenho que falar com a “Agência Abreu”. Aí vai ele: De três Zés de fama abastada - uns mais que outro, mas ainda assim, não tenham desse outro dó, que não precisa da prática do Emplastro fazer mimetismo, para ser rosto afamado -, terão que responder-me qual o que, em momentos de labor profissional solitário, só faz cocó. Tá ? Aceitam?... Ainda bem que consegui levar o texto até ao fim, é que já estava novamente a sobrepor-se-me outra ideia. Xô!

23 comentários:

A Senhora disse...

Pode ser "Zéza"? ;)

dragao vila pouca disse...

Zé Pacheco Pereira.
Um abraço

Miguel Barroso disse...

ZÉ NINGUÉM?



Abraços d´ASSIMETRIA DO PERFEITO

JOSE TERRA disse...

boa tarde
depois de tanto tempo sem me dares atenção vens com esta do zé.
eu sei que sou já uma figura da terra mas essa de fazer cócó!!!!
muito bem ao menos sou bom em alguma coisa..... abraço

JOSE TERRRA

Anónimo disse...

ahahah, ri com a do José Terra. Mas o cócó deve ser do Sócrates. Não te preocupes Zé terra.

batutaemeia disse...

É pá, gosto imenso da parte em que estás sempre a mudar de ideias. Quanto ao Zé e o Cócó, só pode ser o Zé Sócrates. Penso eu.

loirinhaquenãoédeaveiro disse...

oi. Também acho que é o nosso primeiro ministro. Embora ele também já tenha feito algumas coisas boas. Mas não tem grandes políticas sociais. E isso não é bom.

Darwin disse...

Eu sou um fã do meu amigo Zé, a ponto de ficar espantado com a sua postura, a sua pose e os soundbytes que emite: O que torna o Zé um grande superdotado é o facto de ele ser um humano sem quaisquer super-poderes. Não nasceu noutro planeta nem foi mordido por uma aranha mutante; simplesmente tem alguma inteligência e muita habilidade. Mas ninguém tinha avaliado se era ou não possível uma pessoa tornar-se como o Zé - eu queria analisar essa possibilidade cientificamente e cheguei à resposta.

Usando os seus conhecimentos sobre o cérebro e o corpo humano, o professor de ciências humanas “Zé Prof.” pensa que sim, embora seja muito difícil. Julga que demoraria de 15 a 20 anos de treino adequado, começando o mais cedo possível, para estar atento e driblar os problemas que lhe possam surgir. Para isso, o cérebro deve ser capaz de responder aos mínimos movimentos, exercendo total domínio sobre o próprio corpo. Os seus olhos devem ser capazes de ver pormenores numa cena, tal como um detective policial, e de ter a percepção adequada do movimento, tal como um excepcional jogador de futebol (um misto de Sherlock Holmes e Cristiano Ronaldo, portanto). Para isso e para muito mais, o professor calcula que seja necessária uma dieta especial, de 4000 calorias diárias (60% de hidratos de carbono, 25% de proteínas e 15% de gordura), o dobro das necessidades normais.
Só falta saber se há mesmo quem se queira transformar num Zé.

Anónimo disse...

“Eh pá, tu podes é ir pr’á política. Lá é preciso ser-se bom a mudar de ideias, e tu és um especialista no ramo!". Isto é que é de partir a rir.
O zé? O zé Mourinho tenho a certeza que não é.

leitor disse...

Podemos dividir o texto em duas partes, a da inconstância de alguns seres humanos e a do desafio. Da primeira gosto muito.

AZUL DRAGÃO disse...

Meu caro ,

Ideia brilhante a tua !

Apenas um ligeiro reparo .

A certa altura dizes :
... "esse pessoal é mal pago, pá."...

Acho que , na generalidade ,
para o que produzem ,
até lhes pagamos bem demais !

Abraço

Laurindo disse...

É o Zé Sócrates, só pode.
Também gostava que os amigos brasileiros falassem dos políticos deles que não os satisfazem.
Boa noite.

Mariazita disse...

Não sou boa a decifrr enigmas…
Zés famosos, que me lembre assim de repente…tens o Zé Povinho, o tal que faz o manguito, o Zé do Pipo, o do delicioso bacalhau, o Zé Pinóquio, perdão, Sócrates – este último, quando em labor profissional, só faz…cocó! Tava me a esquecer do... Poi Zé!
Bjs
Mariazita

Ao Laurindo quero dizer que tenho 2amigos e 1 amiga, brasileiros, que dão tareia nos políticos deles que até ferve!

Anónimo disse...

O comentário da Mariazita é formidável.

o que me vier à real gana disse...

Boa madrugada a todos!

Amigo Azul Dragão, quando dizia k os políticos são mal pagos estava a ironizar. Até k concordo que alguns deviam auferir melhor.... À maioria, porém, dava-lhes o ordenado mínimo!

Abraço

dragao vila pouca disse...

Coitado do Zé Sócrates, ele não tem culpa de não ter uma mente brilhante, como o Louçã, o Miguel Portas - os tipos do Hamas são todos uns gajos porreiros e os maus são os israelitas -, o Fernando Rosas, etc., etc.
Com o Bloco, Portugal será um oásis no meio da crise mundial...viva o populismo e a demagogia! Viva!
Calmamente, tiro o meu time de campo.

Régis Castro disse...

Olá...

Obrigado pela visita que fizestes ao meu blog...

Espero que visite outras vezes...
Ah! gostei do zés e vou até adaptá-los a alguns zés de minha geografia... rsr

Aqui também é muito bom!

Abraços!

Opuntia disse...

Olá,
Obrigada pela visita em meu humilde espaço. Volte sempre!

Abraços.

Anónimo disse...

Este vele pelo tema principal: a inconstância.

Anónimo disse...

esta é fácil, é o Zé Xupeta!

Táxi Pluvioso disse...

Uma canção no dimanche matin.

loirinhaquenãoédeaveiro disse...

Como o anónimo do dia 17 às 23:19, eu penso que este post é excelente no tema da inconstância humana.

o político disse...

Sem negligenciar a segurança, queremos mais esquerda. Mais justiça social.