quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Parabéns, Nelson Évora!

Parabéns ao Nelson e a todo o atletismo português! ABAIXO com o atávico BOTA-ABAIXO! Se, eventualmente, houve alguma displicência, ela terá sido a excepção. Os atletas esforçaram-se. Deverá ser repensada toda a formação, bem como todo o sistema de apoios e compatibilidades... isso sim.
Apliquemos a todos os sectores de actividade da nossa sociedade a plenitude das nossas capacidades; usemos a nossa criatividade; aproveitemos também o tão peculiar e útil (sim, útil!) potencial de improvisação; elevemos a auto-estima (chavão, pois é, mas...). Verão como as coisas melhorarão.









Carlos Jesus Gil

22 comentários:

Anónimo disse...

Concordo.

stériuéré disse...

tb acho . E todos nós temos direitos a errar, somos humanos. Por isso o nosso Portugal tá de parabéns em Pequim.Parabéns Nélson!

Youtube or Redtube disse...

Nelson Évora tem o seu novo vídeo no youtube, ver pra querer:

http://www.redtube.com/1690

mélita disse...

Merecida homenagem.

Sónia disse...

Pois, também estou de acordo. Sejamos crentes em nós próprios.

Táxi Pluvioso disse...

Tem de ser criado um imposto para apoiar os atletas, todos, do futebol inclusive. Querer alegrias só comprando uma bandeira no chinês, não está com nada. As alegrias, mesmo psicológicas, pagam-se.

Mas en Cuba o espírito é o mesmo. Estive a ver o blog onde escreve o Comandante, eles também ganharam uma medalha.

bairradino disse...

Sou da opinião do autor do blog, bem como da do taxi pluvioso. Têm que se fomentar as causas das alegrias. São necessários meios para isso, sim. Foi óptima, esta medalha. Melhor: foram óptimas as medalhas.

o que me vier à real gana disse...

Têm razão, taxi pluvioso e bairradino. Há que haver grande esforço por parte dos atletas, mas tb por parte da sociedade. Se queremos ser mesmo bons, temos que nos esforçar colectivamente por isso.

Táxi Pluvioso disse...

Quando ouvi o Gustavo Lima dizer que tinha um subsídio de mil euros para se dedicar em tempo inteiro à vela não acreditei. Isso ganha um GNR em gratificados nos festivais de Verão.

J P G disse...

Daqui a 4 anos voltaremos a ouvir o nome dos nossos atletas na televisão.

Entretanto, uns palhaços que deêm uns pontapés na bola ou pintem o cabelo de cores mais estrambólicas, aparecerão todos os dias.

Força Nélson! Força Portugal!

Darwin disse...

Embora já tenha dado a minha opinião no post anterior, não poderia abdicar de deixar aqui uma palavra de felicitação a todos os Atletas que competiram por Portugal, aos medalhados e não medalhados. Tenho ouvido falar tão mal deles que só me apetece dar um tiro no pé e fugir para Espanha.

Para a NAIDE GOMES fica aqui um voto de confiança. Acontece aos melhores.

Para GUSTAVO LIMA, o seu 4º lugar vale Ouro! Sei que é bastante difícil trabalhar praticamente sozinho, sem apoio. Compreendo perfeitamente!

Parabéns à grande VANESSA FERNANDES e ao enorme NELSON ÉVORA pelas medalhas conquistadas!!!

Não podia também deixar de referir aqui a questão ridícula e inoportuna, colocada pelo jornalista da RTP a Nelson Évora.

“Então, Nelson, a sua vitória não pareceu muito difícil... Seria caso para dizer que os seus adversários não estavam no seu melhor...”

Como vêem, esta saiu de um pretenso letrado... que tem estado em Pequim à custa dos portugueses; que, com toda a certeza se deita e se levanta às horas que lhe apetece e que deve ter aproveitado até à exaustão as suas horas de lazer.

raulus_brutus disse...

Humildade, trabalho e boa disposição...temos campeão:)

Curiosamente ou não, ambos os medalhados portugueses partilham esta mesma postura.

Por mais razão que possam ter os atletas na falta de apoio e, principalmemte, condições de treino, não gosto do discurso desculpador e dramático na altura da derrota. Posso estar a ser injusto para com os atletas, mas penso que desvaloriza o valor dos seus adversários vencedores e ajuda a criar uma onda de criticas destrutivas e não construtivas.

Darwin disse...

Para não incomodar mais os analistas e comentadores desportivos (campeões de sofá) que andam há uma semana a exigir uma chuva de medalhas e a bater na delegação olímpica nacional. Lembro-lhes que, com a vitória de Nelson Évora, Portugal conseguiu a melhor participação de sempre nos Jogos Olímpicos.

Mais uma vez, Parabéns Nelson Évora!

alberto joão disse...

É verdade, as palavras do Gustavo Lima dizem tudo!
Há que seguir outra política no esporto de alta competição.

stériuéré disse...

Bem gana, um aparte, deixaram de te xatear pa me xatear a mim.Lol
Cambada de imbecis( desculpem .me os restantes leitores, não tem a ver com este post)

Maria Zua disse...

Olá. Todo damos o nosso melhor na missão que desempenhamos,mas tambem temos que ter um incentivo para o fazer. Assim, deixo um comentário: Parabens aos atletas que foram representar o nosso País aos jogos olímpicos, bem como, á comitiva que os acompanhou e inclusivé ao jornalista da RTP1 que não foi feliz no seu comentário, mas só não erra quem não trabalha. Já agora aproveito para desejar "aos menos educados" que não se exponham tanto ao sol, pode queimar os poucos neurónios que têm. Boas férias...

Anónimo disse...

A maria zua disse o que sinto também.

Moralista disse...

Completamente de acordo: Não bastam as condições físicas, essas até já vão existindo.

maria rosa disse...

Ai caredo ó timpinho du mundo quê nu binha aqui.
tenhu andu andar de fora i u tempu é tam poico quê nim sei cumé quê auguento.
Mas vim o rapaz a currer e inté mesquecim cando tam estafadinha.
e tamém cuncordu cos paravens au rapas i os otros.
Mas aquela caxopita que faz muntas coisas ó mesmo tempo, é queu gostaba dapanhar pra lhe dar uma bijoca.
pros que no sabem ela comessou a cumpetir cumas sapatilha imprestdas e todas rutinhas.
prabens Banessa

alberto joão disse...

Contentíssimo com o regresso da maria rosa. Uma portugesa e raça!

American dream disse...

Deixemos de uma vez por todas de ser um povo derrotista. A nossa participação em Pequim não foi inglória não senhor. Não esqueçamos o trabalho dos vencedores e dos vencidos. Tudo na vida é um jogo em que se perde e se ganha. Por tudo isto temos que dar os parabéns aos nossos dois medalhados e uma palavra de carinho a todos os outros que apesar de não trazerem medalhas, levaram o nome do nosso país além fronteiras. Portugal Sempre !

amarobica disse...

Parabéns Nélson pelo ouro, e parabéns Carlos Jesus Gil pelo excelente blog!

Visita também os meus:

o futebole

e

filetuga