segunda-feira, 21 de julho de 2008

Desafio III

DESAFIO III


Dois amigos estudantes, numa residência académica:


- Ó Pinto, está aqui um “com”, pá!
- Então, e o que é que eu tenho a ver com isso!?
- É um “com” lindo, moço.
- Olha, meu!, e aqui está um “sem”… por sinal nada feio, podes crer.


Questão: De que região/província do país é o amigo de Pinto?

Resposta: (hei, não vale ler. Está aqui por estar. Pronto!… não é p’ra ler, ok?) O Leonel é de Sacavém, estava apenas a caçoar do Pinto, que é de Avintes. Eh eh eh!




Carlos Jesus Gil

25 comentários:

jose terra disse...

boa masso
era uma vez dois amigos emigrantes em frança naturais do minho:
então pá tens um com?
tenho
com é que se chama?
avec
mas isso é com em françês.
então isto não é um com.

o que me vier à real gana disse...

Tá boa zé!

mélita disse...

~Fixe, LOL:

Beato Salú disse...

Rien Rien meu filho, senão ainda te afogas!!!

bacano disse...

Achei piada. É para escongestionar.

Darwin disse...

Caros amigos,
Daqui do outro lado do Tejo, mais propriamente do Portinho da Arrábida. (Se não conseguirem localizar, faz parte do deserto de Mário Lino)
Durante a viagem para este belo paraíso, ouvi esta num programa de rádio da RFM:

Locutor: - Quem fala?

Ouvinte: - É o Vicente.

Locutor: - De onde, Vicente?

Ouvinte: - da Lapa!

Locutor: - Sr. Vicente da Lapa, se responder certo à nossa pergunta, vai receber um kit com uma t-shirt e um CD do Tony Carreira.
Portanto preste atenção!
Há um país com duas sílabas e uma delas é muito boa para se comer!
Tem dez segundos para responder.

Ouvinte: - CU BA!

Locutor: (Mudo por alguns segundos e com algumas risadas de fundo)
- Está certo, senhor Vicente...Vai levar o prémio pela sua criatividade. Mas aqui na minha ficha estava escrito, JA PÃO... Eh eh eh! Até à próxima!

Gânia "notícias" disse...

Os agricultores portugueses que, depois de 30 anos de subsídios e mais subsídios, finalmente conseguiram exportar maçãs. E agora as escolas do Reino Unido estão radiantes pois são fornecidas com, pasme-se, uma tonelada de maçãs "Made in Portugal
Mas a produção é tão avantajada que, para conseguirem escoar a produção, os esplêndidos agricultores, ou alguém por eles, resolveram investir num projecto de fatiar as maçãs e vendê-las já prontas a comer. Claro que devidamente embaladas em "embalagens inteligentes", que não lhe subtraem o oxigénio além de lhes conservar o sabor e demais características.

Vai daí, os senhores produtores resolverem financiar um projecto para permitir tal feito. E tal feito foi "feito" em Portugal. E em tempo extra. Demorou apenas três anos. Arranjar um processo de embalar e fatiar maçãs demorou apenas três anos. Apenas três anos, voltamos a repetir. O que é um verdadeiro "record" nacional.


Já agora para não destoar:
Um tipo perdido de bêbado, chega a casa a cambalear tanto, que mal encontra a porta. Entra, dá uma mijada e fala com a mulher que estava no quarto:
- Mulher, acho que a nossa casa-de-banho está assombrada!
- Porquê, querido?
- Acreditas que quando eu abri a porta a luz acendeu-se sozinha. Depois, quando a fechei, ela apagou-se. Deve ter alguma assombração!
- Estúpido!!! Mijas-te outra vez no frigorifico!!!

loirinhaquenãoédeaveiro disse...

Gostei, sr. gana. Tb gostei, sr. darwin e gânia "notícias".

Anónimo disse...

Ai o Verão, o Verão !
Afasta a malta dos blogues.

zmb disse...

Uma vez vi esse cão atravessar uma passadeira, sabem como ele se chama? É um «compeão» ;)

Beato Salú disse...

zmb: pior que isso é um cão ser atropelado 2 ou 3 vezes seguidas e continuar a sua marcha. Há cões do caraças!

o que me vier à real gana disse...

tá boa zmb e beato salú!
loirinha, obrigado!
Anónimo, tens razão.

Maria Zua disse...

desgarrada...vamos lá pessoal...é verão...

Dois amigos:
-É pá sabias que li no jornal que de meia em meia hora é atropelado um homem nesta cidade?
-O quê? De meia em meia hora? Coitado do homem.

cristina disse...

Fixe, Maria zua, bué. Bué de nice também o post do gil.

beato salú disse...

Vale a pena pensar nisto:

Quanto mais exerço a paternidade, mais eu digo que preciso pedir desculpas a minha mãe.

Anónimo disse...

beato salú, compreendo-te bem. E isso é filsófico. Parabéns.

Gânia disse...

O filho pergunta ao pai: - Pai como é que começa a guerra?
- Olha, supõe que a Espanha apreendia um barco dos nossos...
- Ó homem! Não ensines uma coisa dessas à criança. A Espanha nunca nos fazia isso, estamos de óptimas relações.
- Mas isto é só uma suposição ...
- Mas é uma suposição parva. Não tem jeito nenhum.
- Ó mulher cala-te. Isto é só como exemplo...
- Cala-te tu, que estás só a dizer asneiras.
- Fazes-me perder a paciência, diabo!
- O quê? Estás a ameaçar-me? Julgas que me metes medo?
- Ó mulher... eu...
- Pronto, pai! Pronto! Já sei como é que começa a guerra.

qwz disse...

Sim, vale a pena parar para pensar nisso, B. Salu.
Para mim, essa frase tem várias interpretações:
Há pais que se esqueceram das inquietações que as suas travessuras causaram quando eram filhos, e por isso têm agora os filhos a «mostrar-lhes» o que um pai/mãe sofrem;
Ser-se pai/mãe no tempo dos nossos pais é absolutamente diferente de sê-lo no nosso tempo, as coisas mudam, evoluem, as pessoas também.
No tempo dos nossos pais recebiamos mais educação «de rua» que hoje, éramos educados por trambolhões, mazelas, garreias, etc.; hoje isso não existe, foi substituído pelo dvd, pelos videojogos e pela internet. Não é que isso seja mau, não é, mas... não há regras, ou se as há são leves.
Qualquer dia são os nossos filhos a «queirarem-se» que não passamos tempo suficiente com eles. E nós temos que lhes pedir desculpas por lhe comprarmos tantos dvds e afins, e deixá-los sozinhos frente a um lcd. Resultado: pedimos desculpa aos nossos pais e, com jeito, vamos ter que pedir desculpa aos nossos filhos também.
É o mundo, e a sua evolução...
Há um ditado popular que diz «Filho és, pai serás».
A sabedoria popular é extraordinária!

Zíngaro disse...

Porque nunca pisei com os meus calcantes numa residência académica, não faço a mínima idéia do que o Maço pretende com o post. Do Pinto e do Leonel, sei que eram dois estudantes de novas tecnologias que, uma bela tarde em que estavam em Lisboa em visita de estudo, viram chegar um transatlântico que vinha do Brasil. Desse navio desembarcou um sujeito que se veio a identificar como sendo o Ti Zé Neto. Abeirando-se dele e após uma breve apresentação, acabaram por decidir entrar no gozo. Disseram-lhe então que aqui em Portugal tinham inventado um sistema que era implantado nos cadáveres que fazia com que os mesmos fossem a pé para a cova. O Ti Zé Neto fez um certo ar de espanto mas não os deixou sem troco.
Zé Neto: - Eia, caras, isso é espantoso mêmo. Lá no Brasiu inda num fazem isso, não. A única coisa que acontece é qui uis caixão já num tem aisas.
Pinto e Leonel em uníssono: Ena, Senhor Zé! Então por onde é que lhe pegam?
Ti Zé Neto segurando as partes baixas:- é por aqui, seus moléquis!

zeus disse...

zíngaro: 5*****

JOSE TERRA disse...

NUMA ALDEIA HAVIA UM HOMEM MUITO POPULAR QUE POR ACASO ERA O PRESIDENTE DA JUNTA.
UM DIA ACORDOU E AO SAIR DE CASA NOTOU QUE TODA A GENTE LHE CHAMAVA "BUSINA".
ESPANTADO FICOU QUANDO CHEGOU À JUNTA E TODOS OS COLEGAS O CHAMAVAM POR TAL NOME.ISTO PASSOU-SE DURANTE DUAS SEMANAS, ENTÃO O POBRE HOMEM FICOU MUITO DOENTE E RESOLVEU IR AO MÉDICO JÁ DEFENHADO.
-ENTÃO, HOMEM!O QUE O TRÁS AQUI?
- SR.DOUTOR ESTOU CHEIO DE STRESS.
- ENTÃO PORQUÊ?
-TODA A GENTE DA TERRA ME TRATA POR "BUSINA".
-HOMEM ISSO NÃO É GRAVE.VAI TOMAR ESTES COMPRIMIDOS DURANTE UMA SEMANA E DEPOIS MANDA-ME UMA APITADELA.

linda disse...

Vejo que o pessoal está de férias. Ainda assim a Gânia continua animada.

Anónimo disse...

Linda, ainda aí estás?

beato salú disse...

A família comia tranquilamente quando, de repente, a filha de 10 anos comenta:
- Tenho uma má notícia ... Já não sou mais virgem! Sou uma vaca! E começa a chorar, visivelmente alterada, com as mãos no rosto e um arde vergonha. Silêncio sepulcral na mesa. De repente, começam as acusações mútuas:
- Isto é por tu seres como és! - diz o marido à mulher - Por te vestires como uma prostituta barata e te arreganhares para o primeiro imbecil que chega aqui a casa. Claro que isso tinha que acontecer, com este exemplo que a menina vê todos os dias!
- E tu? - pai aponta para a outra filha de 22 anos - que ficas no sofá a lamber aquele palhaço do teu namorado que tem pinta de chulo. Tudo na frente da menina!
A mãe não aguenta mais e retribui, gritando:
- E quem é o idiota que gasta metade do salário com as mulas e se despede delas na porta de casa? Pensas que eu e as meninas somos cegas? E, além disso, que exemplo podes dar se, desde que assinas esta maldita TV Cabo, passa todos os fins de semana a ver pornografia de quinta categoria e depois acabas na casa de banho, com gemidos e grunhidos?
Desconsolada e à beira de um colapso, a mãe, com os olhos cheios de lágrimas e a voz trémula, pega ternamente na mão da filhinha e pergunta baixinho:
- Como foi que isso aconteceu, minha filha? E, entre soluços, a menina responde:
- A professora tirou-me do presépio! A Virgem agora é a Vanessa, eu vou fazer a vaquinha.

mélita disse...

Tá animado... para férias.