quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

A Razão de...

A RAZÃO DE


É a razão de todas as coisas
do Homem.
Todos me falam dela,
mesmo quando não –
não há fingimento possível,
subentendimento, ainda vá …

Todos me falam dela,
o masoquista fala dela,
eu falo dela.
Os Santos também falam dela.


Os outros
Seres
já a entendem,
de há muito, de sempre.
Percebem que ela não está, é.
É, no caminho
( paralelo, ou não,
a outros onde não é ).


Os outros
Seres
sabem que ela é a razão de
todas as coisas,
que é um eclodir que se renova,
se soubermos,
se pudermos.


Os outros
Seres
sabem,
podem,
passeiam onde ela é.




Carlos Jesus Gil

14 comentários:

Ana Maria disse...

Com a razao da nossa amizade, por isso estou aqui.
Beijs!

Nanda Assis disse...

gosto de ler vc apesar das minhas dificuldades de te compreender.

bjosss...

dragao vila pouca disse...

Como não sou especialista em agricultura, achei melhor não comentar o post anterior.

Tens toda a razão, mas não te entendo...

Um abraço

Mara disse...

Caro Carlos Jesus Gil,

Este seu nome Gil acorda em mim memórias guardadas. Veio visitar-me e nada havia para ver. A preguiça tem vindo a tomar conta mim muito contra a minha vontade. Vou esforçar-me para que não volte a acontecer, ok?

Abraço

Mara

Mara disse...

Ora vamos lá emendar:
"foi visitar-me...."

Darwin disse...

Dois excessos: excluir a razão, admitir apenas a razão”. (Pascal)
Há que procurar a verdade e não a razão das coisas.

Mariazita disse...

"É a razão de todas as coisas

Todos me falam dela,

Os outros Seres

Percebem que ela não está, é.

que é um eclodir que se renova,"

Adivinhar é proibido, especialm/os pensamentos!

A vida encaixa-se em todas as alíneas acima.

Bjs
Mariazita

PS - Não havia novidades - são à quinta e ao domingo.
Mas tenho mais 2 blogs - e lá havia novidades. Ora toma!

Ferreira-Pinto disse...

Ela é, não está mas importa que cada um veja que sendo, ela pode comportar várias verdades!

Laurindo disse...

Ela é em qualquer sítio, não está. julgo entender o que queres dizer. Mais tarde, se ninguém lá chegar, arrisco.

loirinhaquenãoédeaveiro disse...

pá, tu escreves coisas tão complicadas. LOL

stériuéré disse...

E que a razão das coisas , apenas veio para nos complicar a vida....
Com os nortes desnorteados, e lá vem ela... a razão ... despreocupada... mas afinal? vem ou não amuada?...... Atão Gana? Comé? Vai ou não vai?

xistosa - (josé torres) disse...

Eis aqui o SENHOR dos mares, da terra, mas principalmente do ar, local onde se devem situar todos os dados do meu computador que pifou.

Não, não foi do whisky, tenho cuidado e bebo-o por uma palhinha, num copo de refresco, para enganar o físico, mas não o olhar e o paldar.
Quem não vê, nada lhe faz mal ...

Um escravo desta vida, (Net), só foge se a chuva inunda o copo.
Não gosto de misturas, nem do gelo que só engana a bebida.

Há uns anos, fiz cubos de gelo, nos sacos apropriados com o whisky.

Então sim!
Juntava-o e o whisky sabia a ele mesmo e fresquinho ...

Isto foi no tempo em que havia cubos de whisky congelados.

Mas os sacos são fracos e pequenos ... acabam num instante.

Então faço cubos de gelo com água e coloco o saco, já congelado, dentro do copo.

A conta da água diminuiu imenso ...

O computador, onde estou neste momento, não é o meu.
O meu crashou, mas já pia ...
O disco e tudo o que tinha, foi-se ...
Fiquei completamente nu.
Só agora é que sei ... penso que aprendi a fazer backups, mas já vai ser tarde.

Malditas máquinas e material chinês ...
E maldito software ... que me cria um backup total do disco do portátil, num disco externo, mas o ficheiro ".nbi" de "restore", foi criado no disco que pifou.
Não me serve para nada o backup.

Entreguei-o numa casa para saber se há possibilidade de recuperar algo e quanto custa.
Nem sei se a garantia cobre estes custos ... mas parece-me que não.

Mas isto são vidas particulares e se não fosse tão burro, (é o 3º disco em pouquíssimos anos), já tinha idade e tempo para aprender.

Caríssimo, Carlos jesus Gil

Se fosse advogado ou juiz, ou ligado ao torto direito que os portugueses, (esses doutores e engenheiros, que são quase 90 % da sociedade. Por aqui, -nesta minha sondagem à boca das urnas com defuntos- se pode verificar que só 10 % da população é que estudaram ...) tortuosamente escrevem em linhas direitas e escorreitas, dir-lhe-ia que a razão é ou foi o bom uso das faculdades intelectuais.

Mas sei que esta razão, está relacionada a dinheiro, euros, taxas de juro.
Aqui sim!
A sondagem atribui 100 % de compreensão ao povo anómalo e anónimo.
O dinheiro não tem segredes e mesmo os degredos dessa razão, que todos falam nela, mas que caminha em caminhos ( a redundância é propositada) paralelos, uns que vão para offshores, aqueles paraísos onde nem deus entra, só o diabo dos humanos e outros seres que sabem fazer o movimento das marionetas.

Essa é a razão de:

(não posso ser cáustico, esta não é a minha casa)

Mas é a razão daquelas considerações aritmérdicas de interesse público pelas quais é regulada a governação dum "estado", diminuindo ou aumentando na proporção inversa dos interesses particulares ou públicos.
Mesmo que estes sejam intuitivamente privados do domínio público.

Parece-me que me perdi no raciocínio.
Mas não sou uma máquina.
Até a minha, (computador) avariou!

Se avariei a resposta, penitencio-me e peço desculpa, mas amanhã já terei pilHas novas.

Vou andar ao sabor da maré, com ondulação sobre o forte.
Não sei se conseguirei acostar, mesmo ao meu cais.

Voltarei, nem que seja dado á costa por uma qualquer onda`, ou nos braços duma bela sereia que me leve na onda.

o que me vier à real gana disse...

Obrigado, Ana Maria... pela amizade!
Ok Nanda, fico-lhe tb grato!
Amigo dragão, eu sei que de agricultura você não percebe nada. Já de relva... eheheh!
Boa, Mara!
Darwin, sempre eloquente!
Mariazita, excelente interpretação.
Quanto ao resto, tens razão!

Amigo Ferreira Pinto..., sim, "pode comportar várias verdades"!
Então, Laurindo?
Não sejas assim, loirinha!
Sté..., assim é!

Caro José, espero que deixe de sofrer desses amuos do seu pc (penso k ainda há não muito, o obecto lhe pregou uma partida... não sei se estou a fazer confusão!).
Esta, caro xistosa, é tb uma casa sua... O seu comentário, como sempre, mesmo quando ao assunto não diz respeito - ou parece k não diz -, é brilhante!

Boa noite a todos!

Regis Castro disse...

Nós seres humanos, vivemos entre razão e emoção, o seu texto faz despertar em nós diversas formas de reflexão por isso que é muito bom...

e acredito que muito além dos seres ousados que somos exista um ser maravilhoso e verdadeiramente humano que não precise de exccesso para se sentir completamnte um ser humano...

Até mais...