domingo, 20 de abril de 2008

Vida = Fundamental Omnipresença do Querer

Um comentário de um compatriota ganístico, no qual referia a importância do desejo, suscitou-me a seguinte repostagem:


VIDA = FUNDAMENTAL OMNIPRESENÇA DO QUERER


Todos querem sempre!, quanto mais não seja, querer nada. Mas o que é isso de querer nada? Ora, querer nada é querer, em relação a determinada situação, que tudo se mantenha, que não se verifiquem nem imputs nem outputs. Querer nada é desejo forte, convoca todo o querer. É sim, pois então!... (assim penso eu, por ora). É querer alguma coisa, coisa esta traduzida em fenómeno imaterial, ou seja, na não alteração de estado ou estados vividos pelo indivíduo.
… De acordo, todas as mentes activas – o mundo dois de Descartes e de Popper –querem sempre. Sub-rogo o todos de bom grado e plena consciência da precipitação inicial. Só mundos activos podem; os outros, por eles alguém há-de poder, e pode e quer… mudar ou manter.
Se todos algum dia não quiserem nunca, aí, de que valerá a capacidade de germinação da terra, para que servirá o oxigénio?




Carlos Jesus Gil



192 comentários:

oquemevierarealgana disse...

E k tal umas divagações, uns devaneios acerca do postado?
Bons cidadão, mãos à obra!

Zíngaro disse...

“Quem põe certezas na vida
Facilmente se embaraça
Na vil comédia do amor
Não vale a pena ter alma
Porque o melhor é andarmos
Mentindo seja a quem for

Gosto de saber que vives
Mas não perdi a cabeça
Nem corro atrás do desejo
Quem se agarra muito ao sonho
Vê o reverso da vida
Nos movimentos de um beijo

Ando queimado por dentro
Sentindo continuamente
Uma coisa que me cala
Nem ao meu olhar o digo
Que estes segredos da gente
Não devem nunca ter fala

Talvez não saibas que o amor
Apesar das suas leis
Desnorteia os corações
Complicadíssima teia
Onde se perde o bom senso
E as mais sagradas razões”

Tisana disse...

Seus valentões (pescadores, zuas e demais homenzecos), então agora que eu tinha um pretendente (o anónimo do post anterior), vocês armam-se em machões e ameaçam esmurrar quem me lança um piropo com direito a rima e tudo?

Provavelmente nunca antes vocês o fizeram a quem quer que fosse. Talvez por receio de não estar à altura dos acontecimentos...

Um beijo especial para o anónimo do post anterior.

mafaldaacontestatária disse...

Querer é poder...
Hoje não quero, não posso
nem mudar, nem manter...
este desejo forte de nada querer.

D.Inês de Castro disse...

Querer é fazer algo, fazer algo equivale a esforço, esforço esse que já não posso á muito fazer.
Mas gostava de querer qualquer coisa que questione as questões que não quero.

Há muito que deixei de querer.....mas posso tentar.....

D. Pedro disse...

A ti Inês de Castro
Esse esforço que não podes fazer,
para o querer tens que crer. Vais ver que consegues...
Força minha Alteza !
Não deixes que ninguém traia o teu coração.

pescador do alto disse...

ai ele é isso?

ai a tisaninha andou aqi a guzar cu pessual?

é antónimo malcriadão baite a ela quela tá na banda de dar te o que tu pedistes. e tu alfurreca benenosa escuzas de andare aí a enliar o masso gil cum essa coisa dos retratus. és pióre ca maria rosa, masso gil poe-na a andare esta é das faciles, num presta pra bida, cum assenozito bai logo.

zmb disse...

Mas que bem que estiveste agora digníssimo Gana.

«Querer nada», essa pretensão desprovida de ambição pelo que é fútil, é uma das expressões do ser enquanto matéria não-física existente.

Querer nada...oh querer nada... não fossem os atropelos constantes à condição humana e aos seus direitos fundamentais, ou as lascas que a pouco e pouco dilaceram e ferem a vivência prática da Democracia, em detrimento dos seus pressupostos teóricos, e teríamos a oportunidade de assistir, inúmeras vezes mais, à exaltação e irradiação deste estado metafísico.

Viva a VIDA!

mm disse...

Zmb ! in English man! pelo menos não entendo nada mas pronto... sempre é in English. Oh my God ! Mas isto agora virou para a filosofia?

tisana disse...

Gil, não sei o k keres dizer com isto, mas parece-me k penas que o querer,o desejar nunca pode morrer!
Será?

oquemevierarealgana disse...

A tsana das 13:10 não existe. O Gil k o confirme, pois já tem uma foto minha.

tisana disse...

Lá isso é verdade. A tisana das 13:10 não existe. Ela k mande 1 foto ao gil,ele já tem uma minha. Anda alguém a tratar-me mal,a fazer-se passar por mim e agora até pelo gana.

tisana,pronto,a outra disse...

AH Ah AH! ai a tisana das 13:10 não existe?! Há mais marias na terra.

Sandra disse...

De facto, amigo Gana, dou-me agora conta que não querer nada afinal não é em si mesmo pleonasmo, porque afinal não querer nada sempre é querer algo contrário a tudo.
Pior mesmo é nada querer. Porque aí sim, é ficar num mutismo tal, numa apatia que não nos permite sequer relacionar com nós mesmos, quanto mais com o mundo. E aí sim me preocupará o dia em que todos nada quisermos, pk então todos perderemos a capacidade de nos reinventarmos, de evoluirmos, até de respirarmos.
Não querer nada, é querer mas sem evoluir (sendo que esse evoluir sempre poderá ser para o bem...ou para o mal).
Nada querer...é deixarmo-nos morrer!

Anónimo disse...

Então não te faças passar por kem não és. Isso é bué foleiro.

tisana disse...

O último comentário foi meu. Peço desculpa.

Sandra disse...

Pera aí, k acabei agora eu de ler?
«oquemevierarealgana disse...
A tsana das 13:10 não existe. O Gil k o confirme, pois já tem uma foto minha.

20 de Abril de 2008 16:47»
Ora, vejam se me entendem: se o Gil (cujo nick todos sabemos ser o que mevier a real gana) diz "o Gil k o confirme", então...isso só pode significar que é ele próprio que se anda a fazer passar pela tisana que lhe pede uma foto e lhe promete enviar outra.
É pá, tu é um embuste!
Dedica-te só à escrita, para nos pores as cabecinhas a pensar e para lá k essas coisas dos engates k n impressionas ng.
Safado!

Sandra disse...

Até já sou menina para pensar que é o próprio Gil o anónimo mal educado que sem vem metendo com toda a gente. Só assim se compreende que a tisana não lhe tenha levado a mal aquela rima foleira.
Daquia pouco já começo a pensar que na verdade eu sou a única que comento neste post e que todos os demais são apenas o Gil com vários heterónimos.
Esta teoria da conspiração leva-nos a conclusões por vezes desastrosas...

zmb disse...

Pode crer, Sandra, eu próprio já pensei por diversas vezes estar a falar com a mesma pessoa nos seus vários heterónimos, mas não sei, existe o carlão, do ramsés, do chapuisat e do zingaro...

E logo a mim, que me custa a acreditar em teorias da conspiração.

Vai uma pessoa em defesa da tal tisana, e é isto. Assim não dá para mim não.

zmb disse...

onde se lê «existe o carlão, do ramsés, do chapuisat e do zingaro» deve ler-se «existe o carlão, o ramsés, o chapuisat e o zingaro».

Sandra disse...

O mais engraçado de td é que esse tal Gil/anónimo resmungão conseguiu 3 grandes proezas:
1º uniu todos os outros contra ele;
2º pôs-nos tods a escrever com cautelas e a fazer erratas para evitar ser sancionados por ele;
3º pôs todos a comentar sobre ele (tipo falem mal mas falem de mim...)
4º (esta é bónus) aumentou exponencialmente os comentários.
É pá, só pode ser a cabecinha malandra do Gil, quem mais reuniria estes 3 interesses mais ainda o 4º de bónus?

f.r. disse...

Eu quero! E posso? E se não quero?
Se quero simplesmente não querer?
Já que não posso tudo quanto quero,
nada quero. E acaba-me o poder?

( A dúvida da minha pessoa )

____________________________________

" A renúncia é a libertação. Não querer é poder "
( Fernando Pessoa )

D. Inês de Castro disse...

Para todos vós da V. Alteza

"Um dia a maioria de nós irá separar-se. Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, das descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que partilhamos. Saudades ate dos momentos de lágrimas, da angústia, das vésperas dos finais de semana, dos finais de ano, enfim... do companheirismo vivido. Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre. Hoje não tenho mais, tanta certeza disso. Em breve cada um vai para seu lado, seja pelo destino ou por algum desentendimento, segue a sua vida. Talvez continuemos a nos encontrar, quem sabe... nas cartas que trocaremos. Podemos falar ao telefone e dizer algumas tolices... Ai, os dias vão passar, meses... anos... até este contacto se tornar cada vez mais raro. Vamo-nos perder no tempo.... Um dia os nossos filhos verão as nossas fotografias e perguntarão: "Quem são aquelas pessoas?" Diremos... que eram nossos amigos e...... isso vai doer tanto!- "Foram meus amigos, foi com eles que vivi tantos bons anos da minha vida!" A saudade vai apertar bem dentro do peito. Vai dar vontade de ligar, ouvir aquelas vozes novamente...... Quando o nosso grupo estiver incompleto... reunir-nos-emos para um último adeus de um amigo. E, entre lágrima abracar-nos-emos. Então faremos promessas de nos encontrar mais vezes daquele dia em diante. Por fim, cada um vai para o seu lado para continuar a viver a sua vida, isolada do passado. E perder-nos-emos no tempo..... Por isso, nao deixes que a vida passe em branco, e que pequenas adversidades sejam a causa de grandes tempestades...Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!"
Isto é poder e querer...........quando não se quer perder os laços com aqueles realmente gosta......
Para alguns isto diz tudo....não é???????

D. Inês de castro disse...

Que engraçado.....estou morta mas podia deixar de ser tão triste, não é verdade meu D. Pedro. Vou acatar o seu conselho.

Estoucomovido disse...

Buá, buá ,buá, buá,Buá, buá ,buá, buá,Buá, buá ,buá, buá...........
Isto era eu a chorar.

pescador do alto disse...

é maaso gil

ese dascartas e ese póper o marenheiro eram mas é uns tolus e ese póper tá cunsiderado a bôrra da claçe piscatóira masso tenho a sarteza quele numca biu ma sardinha ó um carapao na bida e se alguma bez foçe ao mar largaba o tripado e o estôgamo pêla vorda fóra.
ah antónimo inganador e fião e minturizão inda ás-de ser ingual ó cumedôr de espinafros, tu queres ser a tisaninha mas num és e se o mê masso gil dis que a tisaninha é ôtra eu acardito nele, im ti é que não, queres sêr tudo e num és nada agora até te pasas por uma gaja e pédes a pasarinha a ti próprio, debes de biber im dois mundos cumo eses dascartas e ese falso marenheiro num tens asunto denhum cuma eles.
é tisana bardadeira desculpa miguita. é masso gil um avraço e réza plo mê Benficazinho hoje que bai inxertar inté ás almaças.

carlão disse...

Mais do que ter, eu ambiciono ser. Sei o que quero com todo o meu reflectir; sei o que quero com o meu sentir; sei como quero; e sei como obter o meu querer; sei o limite do meu querer...sei que nunca o poderei ter... Pese embora, inclusivamente, a reciprocidade ou não do querer...
Sei o que quero...sei o que não posso ter.

afonsinho disse...

Tenacidade,é o que preconiza para vencermos nesta vida, naão é sr. Gana?

Pinheiro disse...

Quero, logo posso. E garreio(no bom sentido da palavra)para ter aquilo a que me prepos. Nada é facil mas com muita bontade, pde-se não ganhar o mundo, mas alguma coisa de bom podes ganhar. Quando queremos é sinal que podemos(fisica ou psicológicamente).

D. Inês de Castro disse...

Ó Sr. Gana, começo a gostar disto.....

pinheiro disse...

Não é a vida que nos faz desanimar, mas sim a pedra que trazemos no sapato......até para a semana. Uma boa semana para todos e riam-se da vida.

oquemevierarealgana disse...

Comentários k muito me satisfazem... mesmo akele k diz k eu sou quase todos os comentadores. Muito inteligente! (o comentário insinuador).Entaão a menina não sabe tão bem quanto eu k kualker um pode (até eu deixar) assinar com o mei nick?
Sim, há aí uma falsa tisana; sim, tenho a foto da verdadeira!

austríaco disse...

Este Gana sabe mesmo como nos pôr a pensar. Parabéns. Já agora, tb penso que viver implica querer.

carlão disse...

Boa noite, amigos! Não vos vou falar dessa polémica dos comentadores. Hoje quero-vos apenas falar desta gente, que anda na net há demasiado tempo.
- Quando vão ao cinema perguntam sempre porque é que o ecrã é tão grande;
- Todo o vídeo / filme que tenha mais de 3 minutos de duração, consideram longo e chato;
- Sabem das notícias através de sites e não através de jornais ou televisão;
- Quando conhecem alguém, perguntam primeiro pelo e-mail e só depois o número do telemóvel;
- Passam a vida a dizer "lol";
- Procuram a "scroll bar" quando estão a ler um livro;
- Entram numa tabacaria e perguntam se há revistas em pdf;
- Conversam pelo MSN com pessoas que estão a 1 metro deles;
- Aplicam tantas vezes a palavra "upload" ou "download" que já os consideram como nomes possíveis para dar aos filhos.
Ainda ontem, estava eu a fazer as palavras cruzadas do Público e sugeri à minha filha de 16 anos, se queria "aprender" a fazer palavras cruzadas. Respondeu-me logo: “Oh Pai, palavras cruzadas, dah!”
Vamos lá…aqueles que não sofrem disto. Que atirem a primeira pedra (vá, calma, todos ao mesmo tempo não) ainda me partem a porcaria do monitor.
Bom, agora tenho que ir, que a minha mulher já está a gritar: “ACABA COM ESSE BLOG DO DEMO, EM NOME DA SANIDADE!!!! E VEM PARA A MESA QUE A SOPA ESTÁ A ARREFECER!"

mélita disse...

Afinal,todos temos sempre que querer... nem que seja cicuta.E aí, viveremos. Si,se formos soccoridos a tempo,ou se o poder da cicuta não for assim tão grande.

mélita disse...

Ah, há tisana ou não há tisana?

Zíngaro disse...

É maço Pescador do Alto, essa está demais. Já há muito que não me ria de tão boa vontade. Continua mas vê lá se deixas também a Maria Rosa ter acesso ao PC. Não sejas egoísta porque estamos em Abril que é o mês da Liberdade. E os cachopos? Então eles ainda não sabem escrever? Vá lá, deixa a rapaziada brincar.

mélita disse...

É pá, deixem de ver o futebol e venham para aqui.

mélita disse...

Á, anda por aqui o zíngaro. Ainda bem que não estou só.

mélita disse...

zíngaro, diga qualquer coisa, pá. Ajude-me a interpretar melhor o post.

d. inês de castro disse...

Eu também estou por cá.....

mélita disse...

Então boa noite, d. inês.

Zíngaro disse...

É Mélita. Eu estou aqui mas não vai ser por muito tempo. Tenho que ir festejar a vitória do meu clube (União de Leiria desde pequenino, sem ofensa ao amigo Gana) Depois tenho que ir fazer as malas porque tenho viagem marcada para amanhã.

zé dos plásticos disse...

De volta à urbe para mais uma semana.
Desta feita levo um truque na manga, com esta do «querer nada» ou do «nada querer» vou aqui inventar uma estratégia de marketing a ver se resulta na minha banca lá na feira.
É que muitos clientes que têm arrolado ficam que tempos a olhar, a mexer nisto e naquilo e gastar dinheiro que é bom, nada. Nem sei se posso chamar-lhes de clientes.
E pior que isso é que fartam-se de fazer perguntas, resultado: não só não gastam $$ como ainda me moem o juízo.
Mas desta feita será diferente, porque agora graças aqui ao excelso blog descobrirei uma/várias possíveis respostas para o comum «Não quero nada, obrigado!», já que isso do querer nada é tão relativo.
Vamos lá ver se resulta.
Ah, e se quiserem visitar-me, estarei tb na próxima feira de Portomar, no talhão 4 tenda 1 (faz parelha com a tenda de DVDs piratas do Tóino Magano)

PS: sobre a semana passada, eu estava enganado, equivoquei-me; pensei que estava apaixonado mas foi só uma prisão de ventre seguida de descomunal fluxo intestinal. Ele há dias assim…

Cumprimentos zé dos plásticos

zua disse...

Olá malta, parece que o Paulo Bento anda a ler este blog.
Vem o Gil com coisas de "querer" e outros a comentarem que querer é vencer, e lá vai 4-1 contra o último.
Parece que o Sporting define bem o "querer nada"
O Benfica bem quer, mas é caso de polícia.
Com isto tudo o que estes não querem ficam os morcões cheios de querer e pior a rirem se.
Vamos sportinguistas querer o segundo lugar e a taça de Portugal?
Eu quero.

oquemevierarealgana disse...

Pescador do alto, afinal quema acabou por levar uma abada foi o omeu Sporting... Será que o Leiria é melhor... muito melhor k o Benfica?!

oquemevierarealgana disse...

audtríaco, o9brigado!; boa, Carlão!; mélita, claro k há Tisana!; zíngaro, eu cá te apanharei!; zé dos plásticos, excelso é o teu comentário!; zua, 4-1 para o Leiria corrobora a minha metafísica teoria: eles (os verdes não comunistas) não quiseram... ou quiseram muito pouco!

P.V. disse...

Mais real do que fazer da vida um sonho, é fazer do sonho uma vida, porque nem nem sempre temos a vida que se sonhamos, nem sempre temos um somho para viver.
Com a idade muda o querer....
Os jovens querem sempre mais e é bom que assim seja, porque quando a juventude perde o entusiasmo o mundo inteiro estremece e nós contamos com eles esse QUERER.
Triste é quando nos entregamos ao ócio de nada querer...já temos tudo ... E viver? E conviver? E os amigos? E o pilar do ser (familia)?
Não querer, ou nada querer, é não á vida e ao desejo de viver.
Vamos viver porque só se vive uma vez, não deixem fujir esta oportunidade entregando-se ao nada quer...

P.V. disse...

é vocês ai como esta o nosso GLORIOSO?

Zíngaro disse...

Rapazes e raparigas
Deixem-se lá de cantigas
Já não me importo com nada
Mesmo sendo do Benfica
O Sporting, aqui fica,
Levou uma grande abada.

As águias 'stão depenadas
E também levam abadas
E eu 'stou pior que morto
Pois com este dois a zero
Em dois mil e nove eu quero
Ir pr'a claque do Porto

Não! Eu só estou a brincar
Ou seja, estou a mangar
Como diz o Pescador
Agora com toda a calma
Digo o que me vai na alma
BENFICA ÉS O MEU AMOR.

L.Botas disse...

É Gil cá estou eu outra vez pá.Eu já te disse que gosto é de ler o que a malta para ai escreve .E pá até fico com a cabeça andar á roda.
Pá tens ái gente que sabe.Esse pescador que escreve para ai agora tambem me escangalhei a rir.Será o toino carruço é masso.E o sr. Branco pá?Eu agora não conheço ninguem dessa gente mas mando sempre um abração para o meu amigo sr,branco para o Carlãp e para ti pá.Malta um abraço para toda rapaziada.

peinto da cuosta disse...

co'as ganas coum qu'eo leiria aunda, e coum a receinte séirie de resultádos, neim sei coumo é que o leiria nâoe enfioue 7 ôu 8 na pá ao beinfica... penso eu de que. Cá p'ra mim(nhe) o biera fala fala mas ele é que habia de estare caladeinho. O apito doudádo aeinda bai dar munto que faláre, olheim pró que eu bos deigo.

O Karateca da Marateca disse...

Os arrotos do Botas às vezes cheiram a vinho d'alhos...

alberto joão disse...

Os rapazes do Sporting querem pouco, mas os do Bemfica naão demonstram querer mais. Viva o Porto!... que até tem um presidente muito parecido comigo, em termos de carácter.

alberto joão disse...

Maior em quê?

alberto joão disse...

Este i.botas é engraçado.Moço, se estiveres desempregado e quiseres (tens é que querer) trabalho, fala comigo. Vais p'ra minha ilhinha. Podes deixar uma mensagem aqui no blog.

cristina disse...

sr. karateca, nunca me apercebi de tal. E olhe que ando por aqui todos os dias, embora poucas vezes tenha comentado.

cristina disse...

Então, não anda ninguém por aí?

cristina disse...

Isso, vejam televisão, vejam novelas. A mim basta-me os "morangos".

Anónimo disse...

"...não vale a pena ter alma
porque o melhor é andarmos
mentindo seja a quem for..."

tem toda a razão senhor Zíngaro

Ominona disse...

ominonaconcordo contigo anónimo,
afinal quantos somos nós????????????????????

cristina disse...

Quem é que anda por aí?

branco das neves disse...

Querido Amigo Gana

A sua noctívaga inspiração está a atingir tal nível que ouso epitetá-lo de " O Pensador da Noite ".
Oh homem, você não dorme? Sofre de insónias, o Amigo Gana?

Quanto à sua elaborada ladaínha, pois, Sr. Gana, quereria presenteá-lo com um comentário que fosse de encontro aos seus intuitos, mas temo que me espalhe a meio do caminho! Vê, eu não quero nada, quero algo, que o meu pobre reservatório de ideias, por mais que lhe peça,já não me proporciona. Atabalhoado pensamento, sem dúvida, mas atabalhoada está também a minha alma, na eminêcia de sofrer algum irreversível curto-circuito perante tal carga energética provinda do seu madrugador raciocínio... Humildemente lhe confesso, Iluminado Gana, que me estou a ver em verdadeiros palpos de aranha para acrescentar algo de valioso ao seu ímpar filosofar. Isto será, certamente, a derrota do meu infinito querer perante a forte investida do meu limitado poder! Quero, mas não posso...

Em minha singela opinião, Real Amigo, também a mais não sou obrigado, sendo esta uma luta tão desigual! Deixe-me explicar, se faz favor, e não tome este meu simples raciocínio como algo que vá contra a sua dignidade pessoal. Pelo contrário, enalteço-lhe as anatómicas virtudes e, quisera eu, que, de igual modo, as minhas se lhes comparassem...

Saberá o Amigo que, nos machos, a testosterona atinge o seu máximo nível durate as mortas e silenciosas horas da madrugada. Ora, é do conhecimento geral, aqui na Real Gânia, porque relatado em cuidada e esclarecedora escrita pelo Caro Cara de José, seu Real e oficial escrivão-mor, que o Excelso Amigo esconde em seus Reais fundilhos tais fabricantes da imprescindível hormona, que nenhum outro macho pode, sequer, aspirar a lhe igualar tal metabólico dom. É minha convicção, que muita dessa energia irá também de encontro aos seus irrequietos e receptivos neurónios. Nem sempre sendo possível descarregar por baixo, defende-se o Amigo Gana, direccionando a formidável necessidade, descargando, em completo extâse, os corporais fluídos pela parte cimeira, traduzidos nestes pedaços de escrita que a todos espanta!
Como quer o Real e Magnificente Amigo que o possamos acompanhar?
Luta desigual, poder desigual Caro Amigo. Por mais que quiséssemos que assim não fosse...

cristina disse...

Este sr.branco é um verdadeiro espectáculo. Como me dá gosto lê-lo! O gana mais sério, por vezes tb humorístico, o sr.sempre híbrido: a sapiência enxertada com fino humor! O máximo.

Onanomi disse...

e agora serei eu ou não???
eis a questão...



claro que sou eu, basta olhar para as horas, onde estão os outros? Quais outros? Os outros eus? Poetas, Filósofos, Pescadores,...enfim, todos podemos ser aquilo que quisermos, uns com mais e outros com menos jeito, e para isso meus amigos eus, BASTA QUERER. (ou não!!!!!!!!!!!!!!!!)

cristina disse...

Bem, tenho que ir p'ra cama. Amanhã há escola. Bom soninho.

Anónimo disse...

O que é que é onanomi?

branco das neves disse...

Amigo Botas

Mesmo que separados na distância, não há um simples dia em que o meu pensamento não paire sobre a benévola recordação de me ter entre os seus amigos do peito.
Você, com a sua cativante singeleza, é daqueles que me obrigaram a voltar aos verdes campos da Gânia. Por motivos pessoais não me é possível estar aqui tão frequentemente como gostaria, mas olhe meu "maço" (sim, não se esqueça que ficámos "maços"...), haverá sempre uma palavrinha para o Amigo, quando por aqui deixar os meus humildes escritos...
Você diz pouco, mas transmite, soberbamente, o ideal brazonado no Gânico Símbolo : A Amizade une os Povos da Gânia !

( ao contrário de outros, infelizmente... )

Espero que compreenda Fiel Amigo.

Eu disse...

onanomi não é, pode ser.

perguntador disse...

Pode ser o quê?

oquemevierarealgana disse...

p.v., excelentemente filosófico! Dar-te-ia um Satisfaz muito bem; zíngaro, tu e o teu amigo Filipe Vieira…; botas, continuas o máximo; karateca, julgo (mas quem sou eu para julgar?) que não foi justo com o botas!, Alberto João, na Europa o Porto tb “não quis” muito, esta época!; Cristina, tens razão!; amigo Branco, você é mestre, você é meu mestre! Obrigado por aquilo, aquela informaçãozita valiosa, logo não é Zita, mas zona, acerca da produtividade da testosterona. Desconhecia, palavra! Ainda bem para mim k assim é!... Consigo, aprendo rindo…ou sorrindo; onanomi, não basta querer, mas querer é fundamental (lembra-me aquela canção: Cristina, não vais levar a mal, mas beleza é fundamental…” É ou não?; botas, soberbo o que o maço (sr. maço) Branco disse sobre ti… e sobre a Gania: “ A amizade une os povos da Gania”. Soberbo!

Maria Albertina disse...

Of record... a mulher do pescador anda numa formação tipo RVCC . (EFA) os 3 anos de descontos a trabalhar na lota deram-lhe acesso ao curso. Foi a Drª Sandra que tratou de tudo.
Como diz o provérbio chinês " Se vires um pobre a pedir comer dá-lhe uma cana e ensina-o a pescar".
E como querer é poder a Maria Rosa vai fazer aquilo com uma perna ás costas.

eu disse...

Bom dia a todos os REALGANAS.

Não sei se já repararam, mas, onde está o interesse deste blog? Nos posts ou nos comentários? Acho que está nos comentários. Já pouco interessa o que OQMVRG diz,senão vejamos, isto tomou tamanhas proporções que andam para aí senhores EUS, como zíngaro, D. Inês de Castro, etc, a aproveitar o espaço (que supostamente seria para comentar os posts) para publicar os seus artigos, por favor criem um blog, talvez fosse mais interessante. Isto é o quê "necrofiguisse"? E tu Eu Real Gana, vê se colocas artigos com mais interesse, coisas do passado, (coisas do presente não porque já passou), e tambêm coisas do futuro porque não, coisas que possamos discutir e das quais tirar partido. Acho que seria interessante.
Saudações a todos os EUS.

Frank Zépá disse...

Frank Zépá

Há pessoas que vêem as coisas como elas são e que perguntam a si mesmas: ''Porquê?'' e há pessoas que sonham as coisas como elas jamais foram e que perguntam a si mesmas: ''Por que não?''

Bernard Shaw


Estou pela primeira vez a entrar neste blog.
Há aqui intervenções de altíssima qualidade. Por isso, fiquei com ganas de participar. Para o fazer a ética bloguista manda que faça uma breve apresentação:
Sou gago, muito gago, embora não se note quando escrevo. Fiquei assim porque, quando era pequeno vi a ti Rosa do Ló-Ló, e partia daí nunca mais fui o mesmo.
O meu verdadeiro nome é Francisco José. Mas sou mais conhecido por Frank Zé Pá. Não tem nada a ver com o Zappa. Quem me dera… mas não tem.
Mas, se me permitem, eu conto então a história do meu nome.
Penso que foi lá pelo ano da graça de 1980, ano dos famosos censos nacionais. Certo dia, apareceram-me à porta três simpáticos jovens, todos divertidos e sorridentes. Um deles dirigiu-se à minha pessoa e perguntou-me amavelmente:
- Ouve lá, como é que tu te chamas pá?
Apesar da minha gaguez lá, tentei dizer o meu verdadeiro nome aos três jovens o melhor que podia:
- O meu nome é Fran...k…Fran…k…
- Fran quê, pá? Perguntou um deles que era assim mais abonadito.
- Fran...k…Fran…k… tentava eu, desesperadamente, dizer o meu nome.
- Desembucha pá! Pensas que temos a tarde toda só p’ra ti! Com tantos currais que temos ainda para recensear e tu estás-me aí com o Fran… Fran… Desembucha de uma vez por todas. Insistiu um dos jovens que era assim mais magrinho e alto, enquanto puxava as calças para cima e dava pequenas cuspidelas para o lado.
Já meio chateado e cada vez mais nervoso, lá tentei dizer o nome de uma só vez.
- O meu nome é Fran… k…Fran… k… Zé, Pá!
- Frank Zépá! Já podias ter dito isso há mais tempo. Já estás recenseado. Disse o terceiro recenseador apontando de imediato o nome no catrapázio.
- Vamos embora, já cá cantam mais doze e quinhentos. Disse.
Eles lá foram, bater a outra porta, eu fiquei ali a pensar no nome que me tinha sido atribuído nos censos. A partir daquele dia, sempre que passavam por mim os simpáticos jovens cumprimentavam-me efusivamente: Tás bom ó Frak Zépá?
Com o tempo toda a gente me passou a chamar Frank Zépá e eu lá me habituei.

Feitas as apresentações, sempre que puder e me der na ganeta aqui estarei para fazer deste blog um encontro de amigos que querem comunicar e divertir-se, com respeitinho…

Naitsover dinitsgaitsm over novermender

Boveraits soverertender paitsraits over blovergê

eu disse...

Comecei por ser anónimo às 1:06 de 21 de Abril de 2008,
depois criei um nick (ominona), depois outro (onanomi), mas pôxa para quê o anonimato? Decidi identificar-me e então, como EU sou tu e como tu és EU,como tu sem EU és ele, como tu e EU somos nós, como nós sem EU sois vós e como vós sem tu são eles, lógicamente que eles são EU.

Cidadãos do do Universo a partir de agora "tambem" é o que nos vier á real gana? Pergunto EU, tu, ele, nós, vós e eles.

D. Inês de Castro disse...

Ó sou eu, falaste bem mas parecia um teatro que fui ver aí na praia que falaram tanto e eu saí de lá com um "?" em cima da cabeça. Acho que era alto da razão. Todos eram e não eram. No fim eram todos sem nenhum.

D. Inês de Castro disse...

Desculpa é "eu disse", mil perdões, sou novo nisto.

Zíngaro disse...

O onanomi,eu, etc... cita, à letra, Jorge Palinhos, logo, eu devo conhecê-lo porque EU também faço parte do todo. Enfim, todos somos um Eu.

eu disse...

E tu tisana, porquê? Afinal conheces esse tal de gil, como lhe conseguiste enviar a foto tens a morada? ou o mail? Ou... tu não fazias isso pois não? Tu como Rei que és, da tua RealGanadice jamais farias uma coisa dessas. Abraços

eu disse...

Menos o Jorge Palinhos que não sei quem é. EU só disse o que me veio á real gana!!!!! Eu não venho para aqui fazer citações sr. zíngaro, se por acaso aquilo o faz lembrar esse tal de Jorge Palinhos, paciência, sabe que o universo não é tão grande quanto parece. E para que não restem dúvidas, EU sou mesmo EU.

Zíngaro disse...

Oh, Sr. Eu.

"Ó tu que tens de humano o gesto e o peito...."

carlão disse...

Caro senhor “EU” ou EU sou TU e tomaras tu ser como nós!

Antes de mais, devo-lhe dizer que não me agradou nada, esse seu tom de supra-sumo do conhecimento. Como já foi aqui dito pelo administrador do blog, aceitam-se todo o tipo de comentários, sejam eles bons ou maus ou de que natureza for. Este blog é para isso mesmo, escrever o que nos vier à real gana. Até comentários hipócritas como o seu!
Tem que ter atenção a esse tipo de comentários infelizes, não só revelam pouca inteligência, como também revelam uma certa "egomania". Que pena, alguém "tão culto" como o senhor (ou miúdo, já que não dá para fazer a distinção), perder totalmente a razão com um comentário deste tipo. A inteligência orgulhosa de si mesma, acaba por ser a maior estupidez.
Se tiver um blog, ou um site, deixe o link para nós o visitarmos. Deverá ser uma actividade enriquecedora.
Já agora, volte sempre para nos dizer, se acha os temas que irão ser abordados, serão “mais futuristas” já que o senhor decide o que torna um blog interessante ou não!
Amigos não liguem a comentários deste género. São apenas falsos intelectuais que vêm para aqui atirar postas de pescada e despejar as frustrações de um fim-de-semana mal passado.
Fique bem e obrigado pelo seu comentário.

Mirtota disse...

Isto do querer tem que se lhe diga, há uma canção brasileira que diz tudo:

"Eu posso ir aonde eu quiser
Rabiscos em algum papel

Chegar bem perto das estrelas e tocar o céu
Sonhando eu posso ser um rei
Quem sabe até um super-star
É só deixar a porta aberta pra ilusão entrar
Eu posso até falar com deus
De noite em minha oração
E caminhar por entre nuvens feitas de algodão
Eu posso tudo que eu quiser

É só querer acreditar se eu fechar bem forte os olhos
E quiser sonhar
Sonho meu, sonho meu
Tudo pode acontecer
É só acreditar na vida acreditar na sorte
E tudo pode ser
Sonho meu, sonho meu
Eu posso tudo que eu sonhar
Se eu levar a vida a sério
Se eu fizer direito
Se eu acreditar"

D. Inês de Castro disse...

Eu que sou novo nestas andanças, por vezes noto que as intervenções sobem de ton. Ó sr. Gil, mande daí qualquer coisa de engraçada para nós nos rirmos um bocado e quí çá, umas anedotas........falta bom humor ao jeito das gentes da Praia de Mira.

M&M disse...

Sr. eu disse...Acredito que não conheça Jorge Palinhos, mas se me permite, aki vai uma parte dos seus escritos, talvez assim perceba porque é que o sr. zíngaro lhe tenha feito a comparação:
Eu sou, fui e serei tudo. E tudo foi, é e serei eu. Tudo ou nada, não é senão tudo. É tudo e nada. Eu sou este quarto e este quarto sou eu. Eu sou os outros e os outros são eu. Eu fui antes de ser e sou depois de ter sido. Eu fui eu, mas não sou eu. E serei eu, ambora nunca o tenha sido. Eu não sou outro, embora ele seja eu. Eu não sou tu, mas nós seremos e fomos, embora julguemos que fomos vós. Talvez não o sejamos. Pois isto não é só isto mas é também aquilo. E aqueloutro, mais não é que isto, aquilo e algo mais, sendo então isto, afinal. Sempre o foi, nunca o tendo sido. Eu sou, antes de ter sido depois. E sou agora, apesar de ter sido antes. Porque o antes, é depois do depois, mesmo que o depois e o agora sejam quando antes, ainda que agora, antes e depois tenham sido iguais quando foram diferentes. Eu não falo por mim. Também não falo pelos outros que são eu. Todos falamos por mim e por eles, que somos nós, embora , em verdade, seja só eu. Eu sou tu, fui ele, seremos nós, terei sido vós, haverei de ser eles. Mas eles, aquilo, isto, tudo... Tudo sou eu. Eu sou tudo. Eu fui tudo. Eu serei tudo. Mesmo que não seja eu.

eu disse...

Caro sr. Carlão

Em primeiro lugar, comentou, e é para isso que aqui andamos.
Em segundo e como disse
o administrador do blog, e muito bem, aceitam-se todo o tipo de comentários, certo??? Ou não, sr. Carlão??? Como o sr. diz este blog é para isso mesmo, escrever o que nos vier á real gana. Até comentários hipócritas como o meu, ou seu? A partir de agora vou ter mais atenção aos meus comentários, ou seus? porque isto da intelegência tem muito que se lhe diga, assim como da "egomania" ( a mania dos ovos). É realmente pena que alguem tão culto como EU ou tu, perca a razão. A intelegencia é de facto orgulhosa de si mesma...

AMIGOS, (meus ou teus?) não liguem mesmo aos meus comentários, passem
à frente, apaguem, risquem, ignorem, queimem, ou pura e simplesmente não leiam, estão no vosso direito como realganenses. E os falsos intelectuais, quem são? Eu, tu, ele, nós, vós, ou eles?
Em relação ao blog/site, não tenho sr. Carlão, mas assim que tiver já sabe...

Só mais uma coisa.
É claro sr. Carlão que vou voltar, enquanto me considerer Realganense, é um direito que me assiste.

Atenciosamente

EU...

ou nós???

alberto joão disse...

Isto hoje está outra vez ao rubro. E parece-me que estão por aqui menos comunas. Isso é bom.

carlão disse...

Caro senhor, “EU”

Queria apenas aqui relembrá-lo da sua frase: “isto tomou tamanhas proporções que andam para aí senhores EUS, como zíngaro, D. Inês de Castro, etc, a aproveitar o espaço (que supostamente seria para comentar os posts) para publicar os seus artigos, por favor criem um blog, talvez fosse mais interessante.” Que raio de critério é esse?
Escrever o que lhe vier à real gana, é um direito que só o senhor tem.
Ora vamos lá ver, penso que não o conheço, nem nunca vi a sua fronha no frontispício. Mas já que cheguei até aqui, deixa-me que lhe diga: o senhor insulta a minha inteligência. E fá-lo de propósito, portanto, é um duplo insulto. E fiquemos por aqui, porque não quero perder mais um segundo consigo.
Passe bem!

D. Inês de Castro disse...

Concordo plenamente consigo Alberto João. Isto está o muito engraçado. E VIVÓ PORTO CARAGO!!!!!! BÓBI TARECO!! BUSCA BUSCA!!! MATA E ESFOLA!!! HEHEHEHE...

oquemevierarealgana disse...

Maria Albertina, porque foste nessa?... Não, não vou cantar, muito embora considere este tema genial. Maria Albertina, o dito provérbio é pertença do cosmos. Já agora, se o chinês se encontrar numa zona absolutamente árida, de que lhe serve a cana-de-pesca?!;
eu, eu posto o que me vem à real gana! Já devias ser conhecedor disso. Já agora, pretenso ou real culto e inteligente, o post não tem interesse?!!! Futurismo?!, olha, lê, por exemplo, o texto sobre o Transhumanismo. Keres algo mais futurista do que isto?;
Frank zépá, já tinha dito ao membro menos magro do trio recenseador que, caso tu resolvesses mudar residência para a Gânia, o país ficaria mais rici. Aqui está a prova. Quero-te por cá! Olhó correio, olhó correio!;
eu, que em lógica, puramente ela, são eles, o caro amigo tem sido criativo,muito, até. Porque plagia o meu slogan ganístico? Tá mal!;
eu, qualquer pessoa que comente nesta minha propriedade te acesso a um dos meus e-mails (está lá, no espaço reservado ao perfil). A tisana não só tem esse, como já tem os outros;
eu, nós sabemos k és criativo, mesmo o criativo zíngaro o sabe!;
mirtota, muito bonito! É já um clássico. Volta sempre!;
d. inês, só o que me vier à real gana, Tá? P^pça!;
alberto joão, arre homem, você não pode mesmo com os comunistas.Dê lá umas tréguas, ilhéu dum caraças!

d.inês de castro disse...

Ó sr. Carlão esqueça isso que eu também não levei isso a peito. Tudo isto no fundo serve para nos divertirmos quer seja com comentários ao próprio postado ou não. Certo que tem de haver consciência nos comentários que se fazem. Mas enfim, podemos todos tirar bom partido disto, aprender alguma coisa e divertirmo-nos, porque se não fosse também pela diverssão não andava aquí.
E BIBÓ PORTO!!!!!!!!

Pinheiro disse...

só consigo vir á net de fugida e ainda a pagar só para ver o postado do maço Gil e encontro isto assim??????? PORRRRAAAA....Até ao fim de semana.

oquemevierarealgana disse...

Pinheiro, obrigado pá! Olha, procura que tm encontras coisas dignas e pejadas de humor.Vale a pena!

eu disse...

Não, não me conhece sr. carlão e digo-lhe mais, se há aqui alguem que insultou foi o sr. no seu 1º comentário a um dos meus comentários, certo sr. carlão com fronha de papão? Quem se acha? o todo poderoso? Chego a desconfiar.
Sente-se insultado com um comentário feito para o universo do real gana, aqui se vê quem passou mal o fim de semana e quem vive com frustrações. Sr. carlão devo dizer-lhe que até ficaria contente se não desperdiçasse nem mais um segundo do seu tão precioso tempo. Bem haja

carlão disse...

D. Inês de Castro, gostei do seu comentário, aqui vai a anedota que pediu…
Pedro e Maria estão num voo para a Austrália para comemorar o seu 40º aniversário de casamento.
De repente, o comandante anuncia pelos alto-falantes:
- Senhoras e senhores, tenho notícias muito más. Os nossos motores deixaram de funcionar e vamos tentar uma aterragem de emergência. Por sorte, estou a ver uma ilha não catalogada no mapa, logo abaixo de nós e vamos tentar aterrar na praia.
Ele aterrou com êxito, mas avisou os passageiros:
- Isto aqui é o fim do mundo e é muito provável que nós não sejamos resgatados e talvez tenhamos que viver nesta ilha, o resto das nossas vidas!
Nessa hora, Pedro pergunta à mulher:
- Maria, entregas-te o nosso IRS antes de viajarmos?
- Ai, perdoa-me Pedro. Eu esqueci-me completamente!
Pedro, eufórico, agarra a mulher e afinfa-lhe o maior beijo de todos os 40 anos de casamento. A Maria não entende e pergunta:
- Pedro! Porque me beijas desta maneira?
E ele responde:
- Eles vão encontrar-nos!!!

D. Inês de castro disse...

Obrigado Sr. Carlão. Acredite que me fartei de rir. Sr. Eu disse não fique assim. Afinal a vida é ou não é vida? E a razão? Se pensarmos bem muitas das veses temos razão outras nem por isso. A vida é feita disso mesmo. Embora nos seja dificil temos de passar ao lado de certas coisas. Isto penso eu e ninguem é obrigado a pensar igual. Afinal´há razão no postado ou não?

o verdadeiro alberto joão disse...

deve ser impressão tua Alberto João, isto afinal já não está ao rubro, mas os comunas esses sim poucos mas continuam!!!!

errante disse...

É pá, antes de ontem estive aqui tanto tempo, apanhei tal fartada, que ontem ... nem pensar nisto. Estejam bem. Brrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr

A verdadeira namorada do Gana disse...

Eu quero, posso e mando. Se me continuas a palitar Gana, logo à noite ficas no tapete que é um mimo.
Mas é que nem comentar os posts te deixo. Isso de utilizares o meu portátil durante a noite vai acabar.
E não andes a dizer à tua família que vais para o ensaio da banda. Olha que eu ponho na net aquelas fotos que tiramos nos Açores.

O Karateca da Marateca disse...

O Sr. Real Gana é muito apreciado pelas moças.

eu disse...

A si sr. oquemevierarealgana quero lhe dizer o seguinte, quem disse que o poste não tem interesse, eu apenas perguntei o que é que tinha mais interesse se os posts se os comentários, visto eu (ou ela?) ter reparado em tal.E já agora se me explicar como posso chegar a esse texto sobre o futuro, lá irei.
outra coisa se EU sou tu e tu és EU, porque não, usar o slogan ganístico, não é? É só uma questão de querer ou não querer.

arribança disse...

Caracitas

Muitas coisas vão mudar no teu blog. Pra melhor. Sabes porquê...

Abraço

eu disse...

ó d. inês de castro, como soubeste quem era EU? se eu posso ser tu, ou ele. como foste tão capaz. peço-te não me denuncie, tá? já agora, para festejar vamos cantar uma cançãozinha, pode ser? então vá.

123

todos me querem
eu quero alguem
só quero o meu amor
não quero mais ninguem
outra vez, vá...............





P.S. eu não sou "EU disse", mas sim EU. pronto não faz mal já está desculpada. então sou ou não sou um EU ou tu porreiro? hã? pronto,pronto,pronto, ok, tá,... bá, pronto já chega, EU tambem acho tá? prooonto, dudududud.

pescador do alto disse...

é masso

atão istu é só garreias ôtra bez? é maltinha voa num bale a pena massos esta bida são dois dias e um é perciso pra gente se adbertir, ô ire pescar á cana ô pra ire vever ums canecus e cumer ma tramussada ó calssinhas, iso é qué bida voa.
olhêm lá anda aí um masso qué o catareca ô sê lá que dise que aqui o pescador tem rapão nas urelhas e mais num sêi quê. bou-me xatear por issu? olha catareca num é por falta de limpar as urelhas masso queu laboas de três in três dias e paso-lhe o esfregão da loiça da maria rosa mas istu é por cáusa de muntos aninhos a sulcar bagas e o mare a vater nas ventas dum camarada e atão tamém trazia bucados de molisso e de algas que forão ficando nos uvidos e no nariz tamém e fizerão ese rapão. é a bida do pescador masso catareca. um home tem que agoentar tudo.

tou contentinho proque já num sô o único pescador aqui, já bi aí o mê amigo xaotas que tamém é conhessido por zapa.

Anónimo disse...

o karateca da marateca é extremamente bem parecido.

O Karateca da Marateca disse...

Muito obrigado anónimo das 21.13. Vê-se bem que é uma pessoa de bom gosto. Não é como alguns que vêm dizer bem deles próprios com outros nicks. Vê-se bem que é só um anónimo muito informado.

meninadosorrisotriste disse...

No reino de Realgana
Contra ventos e marés
Escrevem a Sandra e a Tisana
E não sei quantos Ramsés

A loira que é de Aveiro
E a loira que não o é
Há os que escrevem por bem
E os que entram de má fé

Arribança e Dona Inês
Anónimos aos montões
Zíngaros e maxmens
O Branca de neve sem anões

Entra e sai o Errante
E o Alberto João
Entra o Zmb e o M&M
E o Exmº Sr. Carlão

Noronha e FR
Como poderia ter esquecido
O Crespim e o Garotopodre
Chapuisat e estoucomovido

Anda um Pescadordoalto
Um D. Pedro e um eudisse
Eu subscrevo e assino
Como meninadosorrisotriste

ó calastricimo disse...

Isto está ao RUBRO masso, hoje não comento mas porraporra. daqui a mais já não há antigos amigos, até os mortos j´a ai andam.
então pescador do alto como correu o resto da noite de sábado?
a cachopa estava de bné b. e bem disposta.
fica escansado quê nã ta cuso.
tixau inté manhã

oquemevierarealgana disse...

Boa, Carlão!; ó raio, verdadeira, não faças isso! Naquela altura tinhas celulite que dava para encher uma betoneira… Para além disso, não tinhas feito a depilação. Bem, sempre se vê o mamalhal, e esse, diga-se de passagem, é digno. Faz como quiseres!; karateca, pá, não passa de paleio delas (fama, e o proveito?). Só mesmo a tisaninha, só mesmo essa!; eu, quanto ao slogan ganístico, a minha mão à palmatória. Quanto ao ter ficado com a impressão de teres desdenhado do texto, eh pá, desculpa, fiquei (digam mal, se quiserem, mas não desdenhem… é que é bem diferente… e depois, quem desdenha quer comprar. E isto ainda não está à venda.)! As minhas desculpas por te ter interpretado mal. Quanto ao post futurista, pois bem, irei repostá-lo assim que o ora em vigor obtenha, no mínimo, 300 comentários. OK? Mais uma vez as minhas desculpas!; Arribança, claro k sei!; meninadosorrisotriste, aqui vais sorrir alegre( não mente)! Há aqui matéria para isso!

Tocha da serra disse...

Ó Calástrimo ó Calastríssimo
Tu que sabes e eu que sei
Cala-te tu
Que eu me calarei

O Crispim disse...

O senhor Gana vem com cada post.
É mesmo a puxar ao intelectual ou melhor pseudo intelectual. Um homem que diz "penso logo existo" define bem o que é. Se fosse hoje e alguém afirmasse a mesma coisa chamavam-lhe logo bebedola, mas como é um filósofo, é considerado o maior. Continuo, digo e redigo que uma pessoa assim nunca pode ser bom chefe de familia. Parece que já me estou a imaginar ao chegar ao pé dum filho meu, se o tivesse, e lhe dissesse a famigerada frase. O trinta e um que aí se arranjava. O mais certo era ele chegar ao pé da mãe e dizer que o pai estava outra vez com os copos.

alberto joão disse...

Mas o que é isso? Verdadeiro Alberto João?! Só se fores outro... se calhar és cubano! O verdadeiro sou eu, ilhéu de gema; ditador de profissão. Vai enganar outros!

oquemevierarealgana disse...

Crispim, vai p'ró raio k não te parta! Eu tb referi Popper! Faz tu a milésima parte do k fez descartes e... e pronto, fica assim combinado!

f.r. disse...

É Gana, post futurista? Ainda nem me recompus deste, caraças. E então com esse que anda agora p'ra aí do Eu, que tb posso ser tu, e que poderemos ser nós, já nem sei quem 'é' eu mesma. Posta alguma coisita mais lihgt. É que eu sou uma mulher muito doente e já meio gagá, e por este andar ainda páro no Sobral Cid.

O Karateca da Marateca disse...

O sr. Real Gana usa sapatos ortopédicos.

afonsinho disse...

Alberto João só por aqui há um, quase de certeza. Mas gosto do paleio do novo, daquele que diz ser o verdadeiro. É cá dos nossos.

Cusco disse...

Eu quer me parecer que este Karateca da Marateca conhece-os todos. Sabe dos que têm pêlos no nariz, dos que têm cotão atrás das orelhas, agora tb sabemos que o Realgana usa sapatos ortopédicos.
Sr. Karateca, não saberá por acaso de algum segredozito cabeludo que possa partilhar connosco, não?

O Karateca da Marateca disse...

Segredo cabeludo não sei, mas sei um piloso. O Sr. Cusco de vez em quando rapa as sobrancelhas.

cusco disse...

Ei, ei, ei, sr. Karateca. A única coisa que eu rapo são os pêlos da barba. São escassos, é verdade, mas
rapo-os p'ra vincar bem a minha masculinidade.
Uma vez, mas só uma, rapei os da virilha. É que eu, ao contrário do amigo Gana, não abundo em tomatada, e como tenho que me valer do calçãozito curto e justo, p'ra evidenciar os parcos atributos com que me dotou a natureza, o pelito na virilha não me beneficiava. Mas foi tal a comichão que eu comecei por coçar o rapado e acabei numa valente coçadela da salada, e ficou-me mal.
Fica-te que nunca mais. Por isso não difame.

O Crispim disse...

Ó sr. gana não é preciso aborrecer-se homem. Mas lá que o tal descartes se metia na pinguita, lá isso não tenho duvida. Será que ele também se metia em fumaças.

carlão disse...

Boa noite amigos,
Conforme tinha prometido ao ilustre amigo Branco da Neves (permita-me que o trate assim), aqui vai um dos sonhos eróticos que o humorix me anda a provocar.
Ainda ontem sonhei que tinha seis mulheres na cama. Só costumo ter sonhos desses quando tomo o humorix. Já procurei o conselho de um psicólogo que, após escutar o meu relato, ficou espantadíssimo. Afirmou-me que, mesmo tomando uma dose reforçada de Humorix, o máximo que conseguiu até hoje, foi sonhar com três mulheres e uma era anã. Sou, portanto, uma excepção.
O cenário do sonho é sempre o mesmo:
Aos pés da cama está uma colcha de seda, com motivos egípcios. As paredes do quarto parecem possuir finos poros, por onde escapam fumos com aromas exóticos e excitantes. Sobre a cama, seis mulheres. Nuas. Completamente. São de tipos e cores diferentes, altas, baixas, loiras, morenas, albinas, uma delas vê-se nitidamente que é do Senegal, porque é negra azeviche e tem uma dentadura alva, que brilha de acordo com a tonalidade que os lençóis vão adquirindo. Estão deitadas de costas, de lado e aguardam algo ou alguém, impacientemente.
E então, entro eu. Venho vestido de pijama de flanela às riscas. A música de fundo (uma mistura estranha de Mozart e Vangelis) deixa de se ouvir, as mulheres voltam-se para mim, maravilhadas, eu aproximo-me lentamente da cama e o sonho acaba.
Acordo sempre na parte melhor!... Se calhar é da dosagem do Humorix!

O Karateca da Marateca disse...

O sr. Carlão também é extremamente bem parecido.

socrates disse...

Carlão eu já te avisei que não quero que te andes a expor dessa maneira

socrates disse...

ó carlão, pijama de flanela ás riscas, pelo amor de Deus, eu não te disse que o pijama tem d ser cor de rosa? porque fazes isso?

o verdadeiro anónimo disse...

Sr. Carlão o senhor está com um humor espectacular. Estava a ler a sua história com muita atenção, mas, confesso-lhe, a determinada altura comecei a ficar preocupado, pois estava a imaginar o amigo a entrar triunfalmente no quarto, ostentando garbosamente as cuecas do seu vizinho, as tais que o senhor usou durante um mês sem serem lavadas, mas respirei de alivio quando constatei que ia de pijama às riscas.Sempre é outra coisa, porque qualquer mulher que se preze, reagirá favoravelmente à aproximação do verdadeiro machão de pijama de seda, e ainda por cima às riscas.
O nosso movimento ANUS ( Anónimos Nacionalistas Unidos por Salazar ) precisa de gente assim como o sr..
Pense nisso e anime-se a aderir à nossa nobre causa. " Cá vamos cantando e rindo"...

O Karateca da Marateca disse...

O Verdadeiro Anónimo faz muito barulho a comer sopa.

oquemevierarealgana disse...

É um grande observador, este homem do shotokan do Sul;
Crispim, o que te leva a dizer que me chateei?

oquemevierarealgana disse...

verdadeiro anónimo: "somos pequenos lusitos,mas já firmes..."

Zíngaro disse...

Boa noite a todos os bloggers que ainda QUEREM estar por cá. Eu quero e estou. Apreciei alguns comentários que estão Vodafone. (Digo Vodafone porque me fica mais barato e tem melhor cobertura). É pena que haja um ou outro que, com piadinhas sem graça, tentem avespinhar o Blog e os seus participantes SÉRIOS. A esses, o melhor é passar-lhes com o cursor por cima e deixá-los a vociferar sózinhos.

Blimunda disse...

Há muito tempo que ando a espreitar isto e parece-me bastante engraçado. A maior parte das vezes rio-me sòzinha na solidão da minha cela de alta segurança. Vocês não sabem nem nunca irão saber quem sou. Vou adoptar o nome de Blimunda. Não é a mesma do Memorial do Convento porque essa já morreu há muito tempo e além disso o Saramago podia processar-me por roubo literário. Onde é que eu ia... Ah, já me lembro. Fui detida por estar a pescar a sartela sem licença. Foi-se o zamboalho, foram-se as linguiotas e até a bacia. Triste sorte.

oquemevierarealgana disse...

zíngaro, deixa-os falar!;
Blimunda, não me digas que desperdiças a celebridade k Saramago te deu numa cela de prisão!

o verdadeiro anónimo disse...

ó karateca da marateca, já pensaste em cortar as unhas dos pés, que tal tentares, eu sei que é dificil mas tenta. vais sentir a diferença

O Karateca da Marateca disse...

Verdadeiro acabou a brincadeira porque já chegou o sr. Zingaro. Agora vamos falar de coisas sérias. Se não estás interessado, vai-te embora.

Blimunda disse...

É a vida, Sr. Gana. A gente nunca sabe para o que está guardado. Foi no que deu pegar no zamboalho do meu homem. Ía-me esquecendo. A anedota do Sr. Carlão está com muita pinta. Só é pena que ele tenha acordado quando estava a chegar a parte melhor. Mas acho que fez bem. Não fosse a São desconfiar. Ao meu homem , nem em sonhos eu lhe admito que me engane.

oquemevierarealgana disse...

Eh pá,não se chateiem!

oquemevierarealgana disse...

Blimunda, logo falamos com a Sandra. Pode ser k ela consiga tirá-la do calabouço.

Zíngaro disse...

Parece-me que anda por aí alguém com comichão. Se for preciso, eu tenho a escova de lavar o cavalo e posso dar uma ajuda. Quem está incomodado que se mude.

o orelhas disse...

Os ditos do sr. zingaro são hilariantes, mas o senhor tem razão, compete-lhe a si ajuizar de quem tem ou não piada, de quem escreve ou não com humor. O sr. até foi dos primeiros a escrever neste blog. Eu até apelo aos outros comentadores que lhe deixem o caminho livre, para que o senhor possa expôr os seus versos, principalmente a tal loja do canto, que já devia estar arrumada num canto há muito tempo. Nota-se perfeitamente que o senhor é que trouxe a qualidade ao blog. E mais não digo

alberto joão disse...

Gosto desta Zita Seabra (Prós e Contras). E pensar que ela já foi comunista!

Blimunda disse...

Obrigado Sr. Gana mas, olhe, estou aqui tão bem que já nem sei o que quero. Como bem, durmo bem, enfim. A única coisa que me falta é mesmo o zamboalho do meu homem.

Zíngaro disse...

Ó orelhinhas de burro, e se fosses pentear macacos? Ou mesmo dar banho ao cão?

oquemevierarealgana disse...

blimunda, atire-se a um guarda prisional, mulher (isto, já k não quer ajuda).

maxmen disse...

Sr. Carlão, serão esses sonhos mesmo devido ao humorix???
Eu às vezes tenho os mesmos sintomas mas cheguei à conclusão que era do Ciális...

O Karateca da Marateca disse...

É isso sr. Zíngaro, dê-lhes com força. Pronto, também tenho que ir embora. Se calhar fica só o sr., a Blimunda e o Chapuisat, que é como quem diz, fica sozinho.

Miau disse...

Atenção, palpita-me que era isso mesmo que o senhor zingaro queria. O homem quer é protagonismo.Então o sr. ainda não se apercebeu de quão chata é a sua versalhada?

Blimunda disse...

Eu nunca seria capaz de traír o meu homem. Bom, às vezes dão-me enganações mas aqui só há guardiãs e eu cá não sou lésbica.

oquemevierarealgana disse...

zíngaro, os pentes não estão baratos; o shampoo... nem falar!
A ideia não tá má... é uma boa forma de ocupar o tempo. Eh pá, mas tem pena do rapaz, k não há-de ser nenhum rico!

Zíngaro disse...

PQP o miau. Eu não sou nada disso, seu estúpido. Sou só Zíngaro.

oquemevierarealgana disse...

blimunda,não tinha pensado nisso.É uma prisa p'ra mulheres!

conta aí disse...

O sr. Max quantos men são?

O Karateca da Marateca disse...

Nota-se que é uma pessoa muito educada, sr. Zíngaro. Faz-nos sempre falta pessoas como o senhor.
Eleva a coisa.

oquemevierarealgana disse...

miau, desculpa. Em primeiro lugar não comentaste o post. ISSO É REGRA OBRIGATÓRIA (a primeira vez k se comenta um post, o comentário deve referir-se ao próprio). Os versos do zíngaro têm piada... e qualidade!

oquemevierarealgana disse...

conta aí, comenta primeiro o post. Não sejas mal-educado!... Ou não consegues?

Zíngaro disse...

Obrigado maço Gana, por vires em minha defesa. Obrigado Karateca, pelo cínico elogio. Eu sou mesmo assim. Amigo do meu amigo mas sempre temperamental. E sou-o porque me apetece sê-lo e sobretudo porque QUERO.

oquemevierarealgana disse...

zíngaro, mesmo com toda a subjectividade inerente à coisa,de opinião falamos, tu ´s, quanto a mim, um POETA!

oquemevierarealgana disse...

Por onde andarão o Branco; e o joão cara doutro, e a f.r.; e o noronha; e a sandra; e a prada; e o ramés; e o chapuisat; e o arribança?

o orelhas disse...

O sr. Karateca tem razão. Nota-se que esse tal sr. zíngaro é pessoa de refinada educação. Antes desse neumóide andar por aqui nunca tinha visto ninguém a desancar assim a torto e a direito. É o que faz cá falta . Os meus parabéns sr.Gana. Óptima aquisição. Elevou isto.sem dúvida.

oquemevierarealgana disse...

klaro k sim, orelhas moucas!
P.S.(Partido Socialista): sem ofensa!

Zíngaro disse...

Esses todos já estão certamente a dormir. É o que eu vou também fazer... porque QUERO. Parabéns pelo Post. Está ao teu nível. Boas. Se a Blimunda voltar a aparecer, dá-lhe cumprimentos meus.

oquemevierarealgana disse...

ok., zíngaro. Boa noite e obrigado!

carlão disse...

Ai tu és assim para mim, engenheiro! Estás feito, vou-lhes contar tudo.
Um dia estava o meu amigo engenheiro, repostado no seu local de trabalho, (lazer para os amigos). Entra a sua secretária Linda, com um vestido curto e bem decotado, torneando o seu belo e esbelto corpo (boa todos os dias) e diz-lhe com uma voz meiga e apaixonada: (tipo Monica Lewinsky)
- Primeiro vamos fazer uma malandrice?
O amigo engenheiro respondeu:
- Claro Linda, onde é que eu assino!

oquemevierarealgana disse...

Boa, Carlão!

Miau disse...

Gostei de ler o post só que a esta hora não me ocorre um comentário à altura. Bastará dizer que é profundo e dá que pensar?


Relativamente ao sr. zíngaro;

Qualidade dos versos - razoável
Piada - piada????? Aonde?

oquemevierarealgana disse...

miau, tás desculpado/a!

Zíngaro disse...

Boa, Carlão. Até amanhã. Bons sonhos sem aquela coisa do hilar (NÃO SEI QUÊ) porque o coração pode não aguentar...

auxiliar de limpeza disse...

vocês são de facto uma geração de grandes filosofos: Zíngaro, oquemevierarealgana, f.r., p.v., d. ines de castro, d. pedro, zmb, mm, zé dos plasticos, branco das neves, frank zépá, e arribança. Tiveram concerteza os melhores professores de sempre, a prova está á vista, ninguem vos consegue acompanhar, filosoficamente falando.
É tanta a filosofia que fico com a cabeça à roda, chego mesmo a ter que consultar o diccionário da lingua portuguesa. Afinal isto não é para qualquer um cidadão, tanta filosofia e alguma tão barata, é caso para diser que num citio destes só não é filosofo quem não quer. E a intelectulidade? Ui, ui, ai é que a coisa esquenta, bem, não é bem assim, pelo que parece e pelo que li isso é só para "alguns". Sr. Gana seja mais imparcial, todos os seus seguidores têm direito a defesa, ou terá a haver com simpatia?
Continuem gosto do que leio, do que vejo e do que ouço, mas não do que sinto, e isso não é bom, sinto que este estas pessoas da idade da menopausa têm mais para dar, mas não dão, porquê? vamos lá pessoal, tá a acordar, vamos lá comer pra depois cagar, desculpem, excedi-me um pouco.Tenho dito.

miau disse...

Sr. Gana, que tal o sr. alterar o esquema da coisa? Deixe o sr. Zíngaro a fazer as honras da casa.
Melhor, trespasse-lha. Aí sim seria legítimo que ele versalhasse até lhe dar na real gana e para seu próprio gáudio.

oquemevierarealgana disse...

auxiliar de limpeza (tá a desprezá-los/las), eu já fui servente de pedreiro. Verdade! O k o leva a dizer que sou parcial?... se calhar até sou, sou humano. Já agora, mnem só com "palavras caras" se constroiem obrs ímpares. Já leu a "Divina Comédia"? (trd. Vasco Graça Moura)... Parece k não!

oquemevierarealgana disse...

miau...sugestão não aceite!

oquemevierarealgana disse...

Até mais logo, malta. Bom sono a todos!

eu disse...

disse que voltava e voltei. Amigo gana deixa o gato miar

auxiliar de limpeza disse...

diga-lhes isso a eles sr. gana

miau disse...

Faz mal, o sr. assim sairia airosamente. De outra forma arrisca-se a começar a perder a clientela. E é pena, também lho digo. Agora diga-me, que ninguém nos ouve, o sr. nunca analisou objectivamente o antes e o depois desse zíngaro? É que há uma enorme diferença, e não para melhor. De todo.

auxiliar de limpeza disse...

acha que por eu ser auxiliar de limpeza não li "Divina Comédia"?
Afinal quem é que despreza quem? E já agora não sou O sou A.

miau disse...

Sr. Realgana, o sr. decerto já se apercebeu, que tenho por hábito usar esta sua nobre casa para deixar alguns escritos, e para conviver de forma saudável, sempre na base do respeito. Hoje uso um outro pseudónimo, porque sinceramente não me quero aborrecer com ninguém. Esta situação das respostas malcriadas tem vindo a ser recorrente, e está a tornar-se demasiado frequente para o meu gosto. Tem sido algum tempo de sã brincadeira, com alguns atritozitos, mas sem ofensas. Agora parece que a má educação é rainha, e, sendo que os incomodados é que se mudam, palavras sábias as desse seu amigo, se calhar resta-me mesmo e tão só a mudança. Meu amigo, há sempre outros valores que mais alto se levantam. E tenho pena, creia-o.

oquemevierarealgana disse...

Eu, eh pá, volta sempre! O melhor, palavra, seria nunca saíres de cá. Não, não uso de ironia, não confundas!; auxiliar…, digo-lhes o quê?; miau, já estou rico, de maneira que, freguês a mais, freguês a menos…; auxiliar, na “ Divina Comédia” o autor não faz uso de “palavras caras”… e no entanto, resultou naquilo k sabes (já k leste)! Tá, minha linda?; miau, se for embora, quem perde sou eu e a audiência. Admito-o, creia-o! Como tal, peço-lhe, continue por cá!

Blimunda disse...

Dom dia a todos. Hoje acordei bem disposta mas um pouquito tarde. Por isso, tenho que ir a correr tratar da passarola porque às 9 tenho o padre Bartolomeu a dar-me missa.

A verdadeira namorada do Gana disse...

O que tu queres sei eu... confundir o pessoal não é ? com que então gorda e com celulite? olha que eu ponho as fotos no Hi5 ! naquele album que eu tenho intitulado " Eu e o meu amor nos Açores" Vamos ter festa! ai vamos , vamos...

o presidente disse...

acordei agora e me lembrei que o karateca da marateca é um porreirinho.ah aha aha ah

O Karateca da Marateca disse...

Obrigado presidente. O sr. também é extremamente porreiro.

carlão disse...

E pronto caros amigos, a Blimunda acaba de me denunciar. Eu sou o Carlão, marido da São, nascido uns anos antes da edição do Help (Beatles). Infância com muita vida ao ar livre, muita leitura barata, muita TV (um só canal...), muita banda desenhada. Passei a minha juventude na cidade. Hoje vivo na província, (aliás sempre fui provinciano). Tenho 1,94m de altura, um pouco menos de 150kg de peso, cabelo liso escuro (querias!) olhos verdes, (porque sou do Sporting) pele escura (mas não sou do Senegal). Humor variável...mas em geral, insuportável. O mais novo (apesar de tudo...) de 15 irmãos. Escrever é a minha maneira de pensar.
O sentido de humor não é o meu forte. Mas, no dia-a-dia, em jantaradas de amigos e convívios de família, vou tendo a experiência de grandes risotas, nem que seja pela recordação de histórias já antigas, do tempo da escola ou dos nossos avozinhos. Isso sempre é sinal, de que ainda há por aqui gente cómica: os que as fazem e/ou os que as contam.
O problema é quando um tipo como eu, pensa muito no assunto, isto é, quando diz: ora deixa-me cá criar um texto cómico. É a catástrofe, é como quando uma criança de 4 anos, percebe que lhe acharam piada e começa a exagerar nas suas macacadas, até se ter vontade de a pôr de castigo no quarto escuro.
Eu sou um pouco assim…por isso não puxem muito por mim, que poderão ter neste blog uma visão negativa do humor.
Agora tenho mesmo imensa coisa para fazer, isto de comentar para blogs é mesmo viciante, mas a vida não é só isto.
Até à próxima e um abraço a todos!

Anónimo disse...

Caro amigo Gana

Tenho tentado perceber como me é que a minha singela pessoa se poderia encaixar neste refinado caos humorístico. Como isto não é para ganhar nenhum prémio Nobel e como eu nunca adormeço antes das duas ou três… Pois sou um homem muito vigoroso...
E, como já verifiquei que este blog é um pouco teatral, lembrei-me de escrever um pequeno folhetim a que irei chamar:


“A FEBRE DO BLOG À NOITE”.

Trata-se de uma história de um homem que ama uma mulher mas que não é correspondido (original não é?). No entanto, no derradeiro momento, ela entrega-se-lhe sem preconceitos. E porquê? Perguntas TU.
Porque as telenovelas já deram o que tinham a dar, porque há demasiada lama na Barrinha, porque o céu é azul e porque NOS apetece.

1º Episódio
O cenário é simples: ao fundo, uma candeia às avessas; no centro da sala, uma cadeira de Geografia. Um bitoron desarmado com os braços no ar. O Carlão fuma cachimbo pelos ouvidos e é o primeiro a falar; a seguir fala Inês. Depois, fala cada um por sua vez, EU, TU, ELE, alternadamente, até ao fim deste episódio.

CARLÃO – Estou apaixonado mas não sou correspondido! O meu coração bate com mais força quando ela está presente, bate mais devagarinho quando ela está ausente, bate assim-assim quando ela está longe mas vem a caminho, acelera o ritmo à medida que ela se aproxima da minha casa, entra em delírio ritmado quando ela passa por aquela porta... mas ela não me liga! Porque hei-de ser tão infeliz se a minha cútis é tão lisa e sedosa, os meus cabelos endiabrados rodopiam quais ondas do mar, o meu tronco é bem constituído e tem pelos e tudo?... Porque será que ela não me ama?

Barulho de passos.Tum, tum, tum…

CARLÃO – Oiço barulho de passos...
EU – É natural... era eu que os fazia a bater com a bengala no chão... Vejo pelo teu ar que estás desesperado!...
CARLÃO – É verdade.... tenho joanetes e sofro terrivelmente!...
EU – A propósito de joanetes: estás só?
CARLÃO – Não, estou contigo...
TU – E Eu?
ELE – Alto lá! Tu estás comigo!
(Continua)

Frank Zépá disse...

O anónimo das 14:23 sou EU o Frank Zépá

D. Inês de castro disse...

Cada vez me inpressiona mais Sr. Carlão. Já sabia que falava bem mas acho que quando o amigo gil resolver passar a outo postado, deveria de escrever uma narração de tudo o que se passou aquí. Caso lhe fosse permitido. Continue que gosto.

D. in~es de castro disse...

Mau isto já começa a ser muita confusão para a minha cabecinha. ó Frak Zépá tu decide-te!!!!!
Estes trocadilhos são de morrer.

d. inês de castro disse...

Ahhhhh!! Acho que já cheguei lá. Se o anonimo das 14.23 sou EU, e se EU somos nós, isto quer dizer que EU somos um só neste todo.##!!!!%%%%.....Mas eu não me lembro de ser anonimo.....EHEHEHEHEHE

Anónimo disse...

Mais um, já cá havia poucos.
Ainda por cima, ainda há pouco denunciaram quem era a mulher dele, e este já lhe está a enfeitar a testa, com um teatrinho. Isto há gente para tudo!!!

errante disse...

Eh pessoal, há um novo post! Brrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr

Frank Zépá disse...

2º Episódio

O cenário muda tão rapidamente, que o espectador não tem tempo para ver o que se modificou. Carlão desaparece de cena pois foi descoberto apesar de estar a usar o próprio nome. Entram e saem Zíngaro, Branco das Neves, Pescador do Alto, Calastríssimo e Crispim. No entanto, vê-se Blimunda, vergada sob o peso dos anos a fazer crochet de gatas. Zíngaro é o primeiro a falar. (As regras do boa alfabetização mandam que os últimos sejam os primeiros).
ZÍNGARO – Ando preocupado com o Calastríssimo... você não anda preocupada, tia Blimunda?
TIA BLIMUNDA – Eu bem queria andar, mas o reumático não me deixa!...

(Continua)

oquemevierarealgana disse...

Boa tarde, Blimunda!; verdadeira, não faças isso, please!; obrigado, Carlão. Mais uma vez foste genial!; frank zépá, é mesmo pa continuar, ok? - tá demais!...; D. Inês, e a disponibilidade, onde é k ela está? Quando isto começar a dar dinheiro,aí sim! Estejam bem!

M&M disse...

Sr. Miau, esta é para si: Fu..fu..

carlão disse...

Sr. anónimo,
O senhor deve ser aquele “garoteco” que teve aquela infeliz frase: "ainda há pouco denunciaram quem era a mulher dele, e este já lhe está a enfeitar a testa". Assim como outros comentários ofensivos que foram aqui proferidos.
Já conseguiu atirar com algumas pessoas daqui para fora, mas comigo está enganado, “garoto”! Porque eu sou bastante persistente, além disso dou a cara, não me cubro cobardemente no anonimato para ofender as pessoas, especialmente as pessoas que não tem nada a ver com isto, como é o caso da minha esposa.
Mas infelizmente, os seus neurónios cranianos, parecem funcionar como um “alguidar de enguias” vivas (numa irrequietude com quase total ausência de sentido), informo-o que os seus fantasmas já deixaram de fazer parte do imaginário colectivo.

Passe bem