sexta-feira, 7 de setembro de 2007

Tu, quem és?

TU, QUEM ÉS?


Quem és tu, que volta-e-meia lembras que tudo em ti é teu? Não és, acredito, essa que eu vejo, apenas a tens!
… Mas, se a essência é o ser, e não o ter, porque sofres tanto por ele; porque te vendes tantas vezes; porque insinuas, não raro, mudança de figura?... se és sempre a mesma!... Será para mostrares quem és?




Carlos Jesus Gil

2 comentários:

otário disse...

oi!

belos pensamentos....

vi o teu blog no cc e decidi dar 1 espreitadela.

tá fika bem....

Tomas de alencar disse...

È uma vaidosa , isso sim.